Quinta, 13 Setembro 2018 00:00

Professores decidem parar na rede pública de Além Paraíba

Avalie este item
(0 votos)
Professores decidem parar na rede pública de Além Paraíba Cícero Cantarelli

Professores da Rede Municipal de Ensino de Além Paraíba se reuniram na Câmara Municipal, na noite de quarta-feira, 12 de setembro, com as presenças do Prefeito Miguel Belmiro de Souza Júnior e a Secretária Municipal de Educação, Cláudia Maria de Castro Moura Amaral. Na ocasião, o prefeito deu explicações sobre a situação referente a atraso no pagamento da categoria que recebeu apenas 52% dos valor devido referente ao salário do mês de agosto. O prefeito Miguelzinho reclamou que a situação foi agravada devido a atrasos do governo estadual no repasse do FUNDEB— Fundo Nacional para o Desenvolvimento da Educação Básica. Após sua explanação respondeu diversas perguntas e em seguida retirou-se do local para que categoria pudesse ficar à vontade para tomar uma decisão de paralisar ou não as aulas.

Com o plenário da Câmara lotado e o pessoal da educação demonstrando total insatisfação com a situação, ficou decidido que na próxima segunda-feira a prefeitura vai utilizar mais uma parte do FUNDEB que recebeu esta semana e pagará mais uma parte dos salários, 36%, ficando o restante para ser pago até o dia 22 deste mês.
Mesmo com a promessa de pagamento do restante dos salários, o pessoal da Educação Municipal resolveu fazer uma paralisação de protesto hoje, dia 13 de setembro, e amanhã, dia 14, retornando às atividades somente na próxima segunda-feira, deixando as Escolas Municipais sem aulas e também as Creches Municipais sem atividades.
Uma nova reunião, com mais de 100 participantes, foi realizada, hoje, quinta-feira, dia 13, pela manhã, na sede do SINSERMAP— Sindicato dos Servidores Públicos Municipais— para traçar novas metas e, uma delas, foi uma manifestação da Categoria, saindo da Sede do Sindicato, com destino ao centro da cidade.
Há uma grande onda de insatisfação da classe com relação ao atraso no pagamento e o temor de que a situação se torne rotineira, já que o governo municipal tem usado, como justificativa, que o problema foi gerado por atrasos nos repasses advindos do governo do Estado de Minas Gerais. Este, por sua vez, transfere a culpa para os seus antecessores— governos do PSDB (Aécio Neves e Antônio Anastasia). Muitos educadores da rede pública municipal lembram que centenas de outros municípios mineiros passam pela mesma situação de dificuldade devido ao Governo de Fernando Pimentel, entretanto, uma grande maioria das Administrações Municipais tem mantido a sua folha de pagamento em dia, por ter se programado, o que não parece ter sido o caso da Prefeitura Municipal de Além Paraíba. Há várias críticas de que o governo do prefeito Miguelzinho Belmiro estaria com um número grande de contratados em sua folha de pagamento, onerando os cofres públicos e dificultando o cumprimento de suas obrigações financeiras para com os funcionários de carreira, no caso específico de atrasos, com os profissionais da Educação, sendo que a grande maioria passou por concurso público para ocupar a vaga do cargo que exercem, ao contrário do que chamam de “apadrinhados políticos”.

O Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores (PT) emitiu Nota aos alemparaibanos e ao prefeito do município. Segue abaixo na integra:

NOTA DE REPÚDIO-1.jpg

 

 

Informações adicionais

  • Cidade: Além Paraíba - MG

Deixe um comentário

whatsapp_jornal
alemfitnessdentro
laisclaronutr
rvsound
nutrição
farol