Segunda, 11 Fevereiro 2019 00:00

Jogador Jorge Eduardo será velado no CEC, no bairro da Saúde

Avalie este item
(1 Voto)
Jogador Jorge Eduardo será velado no CEC, no bairro da Saúde Facebook

Na tarde de ontem, 10 de fevereiro, O Instituto Médico Legal Afrânio Peixoto, no centro do Rio de Janeiro, concluiu a identificação dos dez atletas adolescentes, integrantes das equipes de base do Flamengo, que morreram em um trágico incêndio no “Ninho do Urubu” (Centro Técnico, em Vargem Grande). Entre eles estava o corpo do atleta alemparaibano Jorge Eduardo Santos, 15 anos, que foi o último a ser identificado.
Segundo informações de amigos e familiares, o corpo do jogador Jorge Eduardo saiu do Rio de Janeiro, na manhã desta segunda-feira, vindo para Além Paraíba. Também segundo informações de amigos, uma homenagem está sendo preparada pela Fla-Além (torcida flamenguista de Além Paraíba)
O corpo será velado a partir das 11 horas da manhã de hoje, no CEC (Centro de Educação e Cidadania), no Bairro da Saúde, e o enterro está previsto para as 17 horas.

Na madrugada de sexta-feira, dia 08 de fevereiro, por volta das 5 horas, o Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro foi acionado para comparecer no Centro de Treinamento do Clube do Flamengo (o “Ninho do Urubu”, na Zona Oeste) para combater um incêndio de grandes proporções. As chamas atingiram as instalações de um dormitório construído em “containers”, onde estavam jogadores entre 14 e 17 anos que não residiam no Rio e estavam no clube em fase de testes ou treinando nas equipes de base.
A notícia de que o alemparaibano Jorge Eduardo estava entre as 10 vítimas do incêndio no “Ninho do Urubu” chocou os moradores de Além Paraíba. O adolescente, que jogava na posição de volante, era uma das grandes promessas do clube rubro-negro.
Jorge Eduardo Pereira dos Santos Dias Sacramento é filho de Wanderley Dias Sacramento e Alba Pereira dos Santos Dias Sacramento (funcionária da Escola Sebastião Cerqueira), moradores do Beco da Floresta, bairro São José.

Confira a nota da assessoria da Polícia Civil do Rio de Janeiro:

O Instituto Médico Legal concluiu a identificação dos dez atletas do Flamengo. Nesse domingo, 10/02, Samuel Thomas e Jorge Eduardo foram identificados pelo processo de Antropologia Forense, ou seja, a partir da biologia do esqueleto. A identificação foi possível a partir de informações fornecidas pelo clube sobre a estrutura física dos jogadores, dados esses que foram fundamentais para o estudo comparativo e a conclusão. Os corpos permanecem no IML aguardando retirada pelos familiares.

Informações adicionais

  • Cidade: Além Paraíba - MG

Deixe um comentário

festival gastronimico
THE FEVERES
farmacia plantão- INTERNO
whatsapp_jornal
unpar
alemfitnessdentro