Terça, 16 Abril 2019 00:00

Dra. Patrícia Habkouk coordena novo centro de apoio e combate à violência contra as mulheres

Avalie este item
(0 votos)
Dra. Patrícia Habkouk coordena novo centro de apoio e combate à violência contra as mulheres site do MPMG

Dra Patrícia.JPG

A Promotora de Justiça Dra. Patrícia Habkouk Ferreira, que atuou por dezesseis anos na Comarca de Além Paraíba— e que foi promovida e transferida para a Comarca de Belo Horizonte, em 2012— acaba de ser nomeada, e já tomou posse, na coordenadoria do recém- inaugurado Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher (Ministério Público de Minas Gerais).

O Centro de Apoio (CAO-VD) foi inaugurado no último dia 12 de abril, em Belo Horizonte, com a presença do procurador-geral de Justiça, Antônio Sérgio Tonet; do diretor do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (Ceaf), Edson Ribeiro Baêta; e os convidados Cármen Lúcia Antunes Rocha, ministra do Supremo Tribunal Federal; Aline Yamamoto, consultora da ONU; e Valter Shuenquener, conselheiro do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).
Em seu discurso, a coordenadora Patrícia Habkouk lembrou que nosso país apresenta legislação bastante avançada em relação à igualdade de direitos entre homens e mulheres. Ela apontou a Lei Maria da Penha como responsável por inovações importantes no trato dessa forma de violência, incorporando a perspectiva de gênero e consolidando o conceito de família e as normas preventivas integradas multidisciplinares. “Ainda assim”, disse a coordenadora do CAO-VD, “nos surpreendemos com o grande número de mulheres mortas e agredidas no país. Somente em Minas Gerais, nos últimos três anos, 432 mulheres foram mortas ou sofreram atentado, o que dá uma média de mais de um episódio de violência por dia e torna grandioso o desafio que temos pela frente, com a necessidade de apoio da PGJ e de todos os envolvidos para alcançarmos números positivos”, salientou.
Para dinamizar os trabalhos do Centro de Apoio, a Dra. Patrícia vem se reunindo com Promotores de Justiça da capital mineira e do interior com o objetivo aproximar o novo CAO e os promotores de Justiça que atuam na área. “Pretendo construir, junto com eles, uma estratégia de atuação de acordo com a realidade de cada região de Minas”.
Entre outras propostas, os promotores de Justiça defenderam que o CAO-VD promova campanhas de educação, principalmente preventivas, para fortalecer as mulheres em situação de vulnerabilidade.
Na reunião realizada na tarde do dia 12, o MPMG ouviu os representantes das instituições parceiras. Na mesa de trabalho, presidida por Patrícia Habkouk, compartilharam resultados a comandante da 1ª Companhia de Combate à Violência Doméstica, major Cleide Barcelos dos Reis Rodrigues; a desembargadora do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, Alice de Souza Birchal; a chefe da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher da Polícia Civil, Carla Cristina de Oliveira Vidal; a defensora pública Laurene Carvalho de Araújo, e o conselheiro do CNMP Valter Shuenquener. (Da redação do jornal AGORA, com informações do site do MPMG)

Informações adicionais

  • Cidade: Além Paraíba - MG

Deixe um comentário