Segunda, 29 Junho 2015 00:00

Defesa Civil Estadual reúne municípios em Cantagalo para debater prevenção e combate a incêndios florestais Destaque

Avalie este item
(0 votos)
Reunião debateu ações de prevenção e combate no período mais crítico do ano Reunião debateu ações de prevenção e combate no período mais crítico do ano Divulgação

 Debater as ações de prevenção e de combate a incêndios florestais, que tem maior incidência no período do inverno, quando chove menos e há registro de baixa umidade do ar e pastos secos. Este foi o principal objetivo da reunião promovida em Cantagalo pela Defesa Civil Estadual no último dia 18 de junho, no auditório da Prefeitura, anexo à Secretaria Municipal de Defesa Civil e Trânsito, no Triângulo.

Comandada pelo coordenador regional de Defesa Civil na Região Serrana, coronel bombeiro militar Alexandre Pitaluga, a reunião contou com participação de representantes de Cantagalo, Cordeiro, Santa Maria Madalena e Trajano de Moraes, além do Corpo de Bombeiros. Por Cantagalo participaram os secretários municipais Ademir Ortega (Defesa Civil e Trânsito) e Gustavo Neder (Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável), além de representantes das secretarias municipais de Educação e de Saúde.

– Nesse encontro, debatemos as medidas, as providências que devem ser tomadas no combate aos incêndios florestais, ações que fazem parte de um conjunto de ações desenvolvidas pelas secretarias municipais para este tipo de desastre. Cada representante de município presente informou suas áreas atingidas no ano de 2014 – explicou Ademir Ortega.

O secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Cantagalo, Gustavo Neder, informou as áreas que foram atingidas por incêndios florestais no município. Com o mapeamento, os órgãos de proteção devem, agora, notificar todas os proprietários das áreas contempladas, realizando uma notificação prévia e orientando quanto à necessidade de se evitar esse tipo de desastre.

A reunião do dia 18, em Cantagalo, é o desdobramento do lançamento do Mapa de Ameaças Climatológicas do Estado do Rio de Janeiro, pela Secretaria Estadual de Defesa Civil, realizado em 1º de junho. Bastante preocupante, o mapa mostra que mais da metade dos municípios fluminenses (54%) apresentam alto risco de sofrerem incêndios, enquanto que 34% do total devem enfrentar problemas com a estiagem durante o inverno.

De acordo com o mapa, as regiões Serrana e Centro-Norte Fluminense, junto às regiões Metropolitana e dos Lagos, concentram a maior incidência e probabilidade de enfrentar problemas com incêndio florestal. Já a Região Norte do estado fica no topo da lista das que poderão sofrer com a estiagem e a consequente escassez hídrica. No Norte, pelo menos 18 municípios estão classificados com risco severo. (Gilmar Marques- Ascom Cantagalo)

 

 

Informações adicionais

  • Cidade: Além Paraíba - MG

Deixe um comentário