Terça, 30 Junho 2015 00:00

JORNAL AGORA CONCEDE DIREITO DE ESCLARECIMENTO À SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS, SOBRE VERBA DO HSS

Avalie este item
(0 votos)

Em sua edição de número 968, de 01 a 15 de junho de 2015, o Jornal AGORA publicou uma matéria noticiando sobre a ameaça de paralisação dos médicos pediatras do Hospital São Salvador. Em carta aberta à população, assinada pela Dra. Érica de Freitas Lameira—coordenadora do Setor de Pediatria— os médicos afirmavam que os atrasos nos repasses da verba mensal para o Pronto-Atendimento do Hospital São Salvador, por parte da Prefeitura de Além Paraíba, estavam gerando atrasos nos pagamentos dos profissionais e o setor de pediatria ameaçava paralisar suas atividades (atendendo somente às urgências e emergências do serviço de pronto-socorro). A paralisação se daria após o dia 29 de maio— data limite dada pelos médicos pediatras. Para a confecção da matéria jornalística, o Jornal AGORA fez contato com a signatária da carta aberta, Dra. Érica de Freitas Lameira e também com o Secretário Municipal de Finanças, Cleiton Tavares, que se comprometeu em fazer o repasse ao Hospital São Salvador até o dia 30 de maio. Poucas horas antes da edição 968 do AGORA ir para a gráfica, a redação do Jornal voltou a entrar em contato com a Dra. Érica Lameira, a fim de atualizar as informações e saber se o setor de pediatria do HSS havia paralisado as suas atividades, tendo sido informada pela profissional de medicina que os atendimentos prosseguiriam dentro da normalidade até o dia 10 subsequente, “em um voto de confiança”, pois os médicos ainda não haviam recebido o mês de abril em função da falta de repasse da Prefeitura ao Hospital São Salvador.
Na matéria publicada pelo Jornal AGORA em sua última edição, a redação destacou, deixando claro, de forma responsável: “Na ocasião em que a presente edição foi encaminhada para a gráfica, não houve tempo hábil para se apurar se, de fato, o Hospital recebeu a verba que serve, também, para o pagamento dos médicos que ameaçaram paralisar suas atividades, mas que deram mais um voto de confiança à PMAP, esperando receber seus salários no dia 10 de junho”.

Após a edição ser distribuída, o Secretário Municipal de Finanças, Cleiton Tavares, de forma pouco amistosa, fez contato telefônico com a direção do Jornal AGORA, dizendo que “não estava entendendo qual era a do jornal” e que, se houve atraso no pagamento dos médicos do Pronto-Atendimento, a situação não era de responsabilidade da Prefeitura que havia, sim, repassado o valor de R$ 187mil, dentro do prazo acordado, ou seja, 30 de maio, sendo a verba repassada com um dia de antecedência. O Secretário ligou para o telefone celular da jornalista Marília Muniz, diretora do jornal AGORA, a poucos minutos da realização da festa de entrega do prêmio “Personalidade Feminina 2015”— momento em que era impossível tratar de uma questão de tamanha seriedade.

Nesta semana, em fechamento de mais uma edição quinzenal, a redação do Jornal AGORA— por uma questão de responsabilidade diante da notícia— voltou a entrar em contato com o Secretário Cleiton Tavares, disponibilizando o espaço para o esclarecimento, solicitando dele um pronunciamento oficial a respeito do repasse feito ao Hospital São Salvador. O Secretário não quis falar oficialmente ao Jornal AGORA, agindo de forma “irônica”, dizendo que entregaria a situação “nas mãos da Justiça Divina”— sugerindo, imaturamente, que o Jornal AGORA teria agido de forma proposital na distorção dos fatos, quando, na verdade, este informativo apenas repassou uma informação que recebeu da profissional que respondia pela questão da possível paralisação médica no HSS. Com a negativa de Cleiton em fazer uma nota oficial com os devidos esclarecimentos, a diretora deste informativo, Marília Muniz, resolveu entrar em contato direto com o assessor de imprensa da PMAP, Geraldo Lúcio de Souza Vanini, disponibilizando gratuitamente o espaço para os devidos esclarecimentos à população, já que, em se tratando de administração pública, nada pode ser debitado na conta das divergências pessoais. A Prefeitura não só tem o direito, mas o DEVER, de esclarecer os fatos. Portanto, segue, abaixo, a Nota Oficial redigida pela Assessoria de Imprensa da PMAP a pedido do JORNAL AGORA, ressaltando que este informativo, em seus quase 40 anos de circulação, nunca sonegou informações e nunca agiu de forma irresponsável, sendo que nestes dois anos e meio de administração do prefeito Fernando Lúcio Donzeles, somos o ÚNICO veículo de comunicação a publicar as ações do governo municipal, de forma VOLUNTÁRIA e absolutamente GRATUITA:

“A Prefeitura Municipal de Além Paraíba, através da Secretaria de Finanças, ao contrário do que informou o ‘Jornal Agora’ em sua edição de Nº 968 – 01/15 de junho de 2015, repassou ao Hospital São Salvador, no dia 29/05/2015 a importância de R$ 187.793,60 reais, como combinado previamente com a Administração do Hospital.
O atraso no repasse da verba destinada ao Hospital São Salvador, previsto para ser efetuado até o dia 10 de cada mês, foi ocasionado por estar a Secretaria de Finanças, em um primeiro momento, com toda a verba do Fundo de Participação dos Municípios – FPM, comprometida com a folha de pagamento dos funcionários da Prefeitura, adiando portando o repasse ao Hospital para o dia 30 de maio, em entendimentos feitos pelo Secretário Cleiton Tavares, com a Administração daquela instituição.
Com o repasse efetuado no dia 29 de maio, a Prefeitura Municipal e a Secretaria de Finanças de Além Paraíba entendem que, o acordo foi cumprido, um dia antes do prazo combinado.
Ao todo, somente no período de Janeiro a Maio de 2015, a Prefeitura Municipal de Além Paraíba, através da sua Secretaria de Finanças, repassou ao Hospital São Salvador a importância de R$ 1.081.377,01 reais para manutenção do Pronto Socorro, sendo R$ 400.000,00 reais vindos do Governo do Estado de Minas e R$ 681.377,01 com recursos próprios do Município.
Desde que assumiu o Governo do Município, o Prefeito Fernando Lúcio vem se empenhando no aumento dos valores repassados ao Hospital São Salvador por entender a importância desta instituição, no atendimento à população de Além Paraíba.
No mesmo período - até 30/06/2015– em 2012, o repasse da Prefeitura ao Hospital foi no valor de R$ 517.125,00 reais, em 2013 foi na ordem de R$ 920.622,89 reais, em 2014 foram R$ 1.314.430,53 reais e agora em 2015 este valor chegou a R$ 1.669.170,61 reais, um aumento de mais de 150% em relação ao ano de 2012”. (O texto entre aspas é da Assessoria de Comunicação da PMAP, feito a pedido do JORNAL AGORA)

 



COMPROVAÇÃO –Depósito efetuado através de transferência bancária, efetuado no dia 29/05/2015 em favor do Hospital São Salvador, conforme compromisso assumido junto à administração daquela entidade, um dia antes do prazo estabelecido entre o Secretário Cleiton Tavares, e a administração do Hospital São Salvador.”

Informações adicionais

  • Cidade: Além Paraíba - MG

3 comentários

  • Link do comentário Paulo Sérgio Coelho Terça, 30 Junho 2015 23:20 postado por Paulo Sérgio Coelho

    Gostei da reportagem, acompanho todas as notícias desta cidade.A casa do jornalista da Rede Globo, Gelço Cunha... Teresópolis, 30 de junho de 2015. Paulo Sergio coelho....amo você Marília Rosestolato, nonome de atriz....

    Relatar
  • Link do comentário Paulo Sérgio Coelho Terça, 30 Junho 2015 23:20 postado por Paulo Sérgio Coelho

    Gostei da reportagem, acompanho todas as notícias desta cidade.A casa do jornalista da Rede Globo, Gelço Cunha... Teresópolis, 30 de junho de 2015. Paulo Sergio coelho....amo você Marília Rosestolato, nonome de atriz....

    Relatar
  • Link do comentário Érica Lameira Terça, 30 Junho 2015 22:09 postado por Érica Lameira

    Se eu entendi bem... O repasse da Prefeitura pro HSS do mês de abril era para ser feito até o dia 10/05... Atrasou e foi acordado que seria feito até o final do mês, o que aconteceu em 29/05... Nós da Pediatria do HSS falamos que não queríamos que o mês mudasse sem termos o pagamento e combinamos que iríamos esperar ate o dia 30/05 para a paralisação e assim esperamos...

    Todo mundo cumpriu com seus combinados, não?!

    Em momento algum a equipe de Pediatria criticou e/ou fez nada contra a Prefeitura e a sua administração... apenas questionamos publicamente o atraso do repasse de abril...

    Vale ressaltar que o repasse do mês de maio foi feito com antecedência e agradecemos á Prefeitura e á Secretaria de Finanças por isso...

    Relatar

Deixe um comentário