Quinta, 02 Julho 2015 00:00

Espetáculo em homenagem a Fernanda Montenegro será apresentado em Além Paraíba no dia 10 de julho

Avalie este item
(1 Voto)

No próximo dia 10 de julho, uma sexta-feira, será apresentado, no Cine Teatro Brasil, em Além Paraíba, o espetáculo teatral “A Grande Diva”, que homenageia, com muito humor, a grande dama do teatro brasileiro, Fernanda Montenegro. A produção local é uma parceria do Jornal AGORA e MG Produções, de Miltinho Gonçalves.

A Grande Diva é uma comédia teatral que faz uma homenagem a uma das maiores damas do teatro brasileiro, Fernanda Montenegro. O texto é de Newton Cannito, roteirista da novela “Jóia Rara” (Rede Globo), que ganhou o Emmy Internacional em parceria com o cineasta Wallace Meirelles e Daniel Medeiros. A direção é do cineasta Wallace Meirelles que iniciou sua a carreira no teatro e teve passagens pelo teatro, cinema e TV e está comemorando 25 anos de carreira com esse espetáculo. A atriz Rhafaela Castro, que interpretou Maria Traficada na novela “Salve Jorge” e atuou nas peças “A Serpente”, de Nelson Rodrigues, e “The Semens”, de Newton Cannito e Wallace Meirelles enfrenta o grande desafio de sua carreira: interpretar sete personagens, mostrando versatilidade e talento.

A Grande Diva narra à história de uma humilde diarista que sai do interior para batalhar a vida na cidade grande com o sonho de ser famosa. Começa sua trajetória trabalhando como faxineira de um teatro, onde é apresentado um espetáculo com a grande dama do teatro brasileiro, Fernanda Montenegro. Ela então acaba se apaixonando pelo universo das artes e sua vida se mistura entre sonho e realidade. São vividos os hilários personagens: uma socialiteblogueira carente, uma ativista social homossexual, uma senhora mística tarada, um jogador de futebol alcoólatra, uma funkeira gospel e uma preparadora de elenco louca. O texto traz a cena uma gama de personagens cotidianos e muito engraçados, facilmente encontrados em nosso cotidiano e de fácil identificação com a essência das personagens.

Em 1h10m de espetáculo, Rhafaela Castro, leva a plateia ao delírio apresentando um interessante jogo cênico com um ritmo frenético, abusando da teatralidade e levando todo seu humor histriônico, marca registrada da atriz que realizou seu grande sonho ao convencer o cineasta Wallace Meirelles a topar a empreitada. “Trabalhei com ele e com o Newton na primeira comédia que fiz desde que cheguei no Rio e virou meu sonho homenagear a minha grande ídola através do humor desses gênios que se apaixonaram pela minha ideia de fazer esse monólogo”, revela a audaciosa jovem.

 
Wallace Meirelles
Autor e Diretor

 Cineasta, autor e diretor de teatro, cinema e TV. É antes de tudo, um empreendedor multiplataforma. Profissional atuante no mercado cultural. Dirigiu mais de 10 espetáculos teatrais, entre infantis e adultos. Idealizador do projeto Cinema Comunitário, premiado com o programa OI Novos Brasis. Desenvolveu um método exclusivo de interpretação. É criador do projeto Oficina Cinema Brasil Afora, projeto de difusão cinematográfica. Roteirizou e dirigiu mais de 10 curtas-metragens, como: MakingOff, Aventuras, Aconteceu Naquele Set, Rotas Subjetivas, Nada por Acaso, entre outros. Colaborador do documentário premiado “Jesus No Mundo da Imaginação”, de Newton Cannito, exibido em televisões de 21 países e considerado pelo crítico Jean-Claude Bernardet uma “referência inevitável do documentário brasileiro contemporâneo”. Produziu e dirigiu o seriado “Jesus, O Nascimento”, na cidade teatro de Nova Jerusalém com a participação de 150 profissionais. Dirigiu a versão teatral de “Bonitinha, Mas Ordinária”, de Nelson Rodrigues. Jornalista, pós graduado em Cinema e TV pela FGV, é membro da associação de roteirista, que congrega os principais autores brasileiros e professor e palestrante de oficinas de realização de cinema, produção cultural e Gestão de Projetos.


Newton Cannito

Autor


Roteirista da TV Globo, ganhador do Emmy de melhor telenovela por “Jóia Rara”. Roteirista de cinema e televisão. É autor dos livros de humor “Novos Monstros” e “Confissões de Acompanhantes“, projeto transmidiático que também resultou em peça e documentários. Roteirista da série “Cidade dos Homens” e dos longa metragens “Quanto vale ou é por quilo?” (Sergio Bianchi) e “Broder” (Jeferson De). Dirigiu dois documentários humorísticos polêmicos e premiados:  “Violência SA” e “Jesus no Mundo Maravilha”. É criador e roteirista chefe do seriado "9mm: São Paulo" (Fox), vencedor do APCA de melhor programa de Teledramaturgia da TV Brasileira. Foi roteirista da telenovela "Poder Paralelo" (de Lauro Cesar Muniz). Foi Secretário do Audiovisual do Ministério da Cultura e é autor, também, de dois livros de ensaios: "A televisão na Era Digital" e "Manual de Roteiro". Foi supervisor artístico do Edital FICTV que produziu 3 seriados para a TV Brasil, entre eles a sitcom humorística "Vida de Estagiário". É doutor em cinema e TV pela ECA-USP.


Rhafaela Castro

Atriz


Atriz, Rhafaela Castro mudou-se para o Rio de Janeiro em julho de 2012, para fazer um workshop no Espaço Qualidade Brasil e logo foi convidada para a novela “Salve Jorge”, de Glória Peres. A vida mudou muito com a transferência de sua vida de professora e empresária da moda em Barra Mansa, para a capital carioca. Atuou nas peças: “A Serpente”, de Nelson Rodrigues e “The Semens”, de Wallace Meirelles e Newton Cannito; no Curta Metragem “Destino” e, atualmente, está filmando o longa “Segunda Chance”, onde interpreta Denise, primeira protagonista de sua carreira; e realiza, ainda, seu grande sonho de encenar o espetáculo “A Grande Diva”, o hilário monólogo que faz homenagem a sua grande ídola Fernanda Montenegro. A atriz está muito feliz, pois o espetáculo teve estreia de muito sucesso no dia 03 de abril no Festival de Teatro de Curitiba.

 





 

 

Informações adicionais

  • Cidade: Além Paraíba - MG

Deixe um comentário