Sexta, 03 Julho 2015 00:00

Secretária de Educação e gerente da Viação Treze de Junho foram à Câmara esclarecer sobre bloqueio do Transcard

Avalie este item
(0 votos)
Márcio Montenegro esclareceu, na Câmara Municipal, que o bloqueio se deu por falta de cadastramento dos alunos que têm direito ao Transcard. Márcio Montenegro esclareceu, na Câmara Municipal, que o bloqueio se deu por falta de cadastramento dos alunos que têm direito ao Transcard.

Na última semana do mês de maio, compareceram à Câmara Municipal de Além Paraíba o gerente da empresa de transportes Treze De Junho, Márcio Montenegro, e a Secretária Municipal de Educação, Luciana Galhardo, para prestarem esclarecimentos sobre a validade e bloqueio do Transcard Escolar. O convite foi proposto pelo vereador Roberto Tolentino (Betão). Segundo o vereador, os esclarecimentos se fazem necessários, devido a denúncia veiculada em programa da Rádio Cultura, onde seu nome e de outros vereadores foram citados, assim como da Secretária de Educação e do gerente da concessionária de transporte público. Em suas considerações, o vereador relatou que havia outras reclamações da população dando conta inclusive, que alunos seriam orientados a descerem do coletivo por estarem com o Transcard bloqueado, trazendo grande constrangimento aos jovens. O vereador disse ainda que 357 cartões foram bloqueados, segundo informações obtidas por ele, através de contato telefônico, com o gerente da empresa.
Ouvido pelos vereadores, o gerente da Treze de Junho, Márcio Montenegro, esclareceu que é sabido que em todo início de ano é preciso fazer o recadastramento do Transcard na Secretaria de Educação, com o objetivo de fazer uma triagem de quais alunos poderão continuar a ter direito de usar o cartão— que só tem validade para os alunos que estejam cursando o Ensino Fundamental. “Nós trabalhamos com as informações da Secretaria de Educação, os cartões cadastrados em 2014 (815 cartões), foram mantidos ativos, até março deste ano”— afirmou Márcio Montenegro. O Gerente da Treze de Junho também foi questionado sobre atraso nos horários dos ônibus, cortes de linhas e outras questões relacionadas ao serviços prestados pela concessionária.
A Secretária de Educação, Luciana Galhardo, informou aos Vereadores como funciona o Transcard. Segundo ela, no início do ano, em todos os anos, a Secretaria solicita, através de ofício, que as escolas estaduais e municipais realizem o recadastramento ou o cadastramento de novos alunos. E, para que o aluno tenha direito á gratuidade no serviço, é necessária a declaração de que esteja matriculado no Ensino Fundamental e que esteja freqüente na escola: “Se acaso for detectado que o aluno não é frequente, o benefício é cortado”— explicou Luciana Galhardo. Segundo informações prestadas pela Secretária, a impressora da empresa Treze De Junho apresentou defeito e, por este motivo, os cartões permaneceram ativos até março deste ano. “...No dia 23 de março, reforçamos a solicitação às escolas, para que agilizassem o cadastramento ou o recadastramento dos alunos, pois a partir de abril, os cartões seriam bloqueados”. Em relação ao constrangimento sofrido pelos alunos, ela admitiu que “isso poderia ter sido evitado com uma comunicação mais efetiva.” (Renato Macharet- Ascom Câmara)

Informações adicionais

  • Cidade: Além Paraíba - MG

Deixe um comentário