Segunda, 13 Julho 2015 00:00

Mãe dá à luz bebê prematura e ambas emocionam Além Paraíba com sua luta pela vida

Avalie este item
(0 votos)
Celebração familiar de um mês de vida de Ysabella, que na foto aparece com seus pais, Ary Laroca Mendes e Luana Zoffoli. Celebração familiar de um mês de vida de Ysabella, que na foto aparece com seus pais, Ary Laroca Mendes e Luana Zoffoli. Facebook Luana Zoffoli

Um caso ocorrido no dia 27 de maio, no Hospital São Salvador, gerou muita polêmica e discussão na internet, causando, inclusive um mal-estar entre direção e médicos do Hospital São Salvador e a nova Secretária Municipal de Saúde, Dra. Júlia Knop Cabral. Mas além das manifestações de revolta via Internet, a cidade também se uniu em orações pela vida de mãe e filha, que passaram por maus pedaços, durante muitos dias, até obterem a recuperação— uma vitória celebrada por todos que acompanharam o caso, através das postagens do pai da recém-nascida, o rotariano Ary Laroca Mendes.
A jovem Luana Zoffoli, de 29 anos, deu à luz uma menina, na madrugada do dia 27 de maio, na maternidade do HSS. Segundo afirmação de familiares, Luana foi internada no dia 22 com muitas dores e no dia 24 foi liberada, voltando para o hospital, dois dias depois, novamente com dores. Ainda segundo relato de familiares, Luana ficou internada quase 24 horas antes de ganhar o bebê, uma menina, no dia 27 de maio.
Após um parto complicado, a jovem teve que ser levada, em coma, para a UTI do Hospital São Salvador, lá permanecendo por alguns dias, tendo que passar por cirurgias e transfusões de sangue.
Já o bebê, que recebeu o nome de Yzabella, nasceu prematuro e necessitou de uma transferência urgente para um hospital onde houvesse uma UTI Neo Natal. A dificuldade e demora em conseguir a transferência pelo sistema SUS Fácil abriu precedentes para postagens carregadas de desespero por parte de familiares e amigos, que queriam aliviar o sofrimento da pequena Ysabella, numa luta contra o tempo. O Hospital, segundo a família, teria negligenciado o pedido de transferência, porém, muitos profissionais que trabalham naquela casa de saúde garantem que todo o processo em busca de uma vaga para Ysabella foi feito com dedicação e empenho. A médica Dra. Ana Paula Monsores chegou a participar de uma dessas discussões na Internet e afirmou que assistiu Luana e sua filha recém-nascida, e que, durante todo o decorrer do dia 27 de maio, realizou várias ligações na tentativa de conseguir vaga em um hospital de outra cidade que oferecesse UTI neo-natal, mas sem sucesso, já que não havia vaga em nenhum hospital. Como as críticas na Internet acabaram, também, atingindo a Secretaria Municipal de Saúde, a titular da pasta, Dra. Júlia Knop Cabral acabou se envolvendo em um imbróglio com o Hospital São Salvador, pois ela, a partir do computador da Secretaria de Saúde, acionou o Sistema SUS Fácil e em rede social afirmou ter visto o pedido de vaga em outro hospital por volta de 18 horas. Muitas pessoas interpretaram de forma errada a informação da Secretária, entendendo que a vaga somente havia sido pedida às 18 horas do dia 27 quando, na verdade, o pedido havia sido lançado no SSU Fácil desde a madrugada, logo após o parto. Ysabella somente conseguiu ser transferida por volta das 21h30min, quando saiu uma vaga na UTI neo-natal do Hospital São Paulo, em Muriaé. A bebezinha seguiu acompanhada de seu pai, Ary Laroca Mendes, e ficou por cerca de 20 dias internada naquela cidade.
Semanas depois, Luana Zoffoli e sua filha Ysabella, depois de momentos de grande tensão, e de muita oração e envio de energias positivas por parte dos alemparaibanos, conseguiram se recuperar e já estão em casa, recebendo o carinho da família. No último dia 27 de junho, Ary laroca e Luana festejaram o primeiro “mesversário” da pequena “Bella”, a bebezinha “guerreira” que emocionou Além Paraíba com a sua história.

Informações adicionais

  • Cidade: Além Paraíba - MG

Deixe um comentário

alemfitnessdentro
whatsapp_jornal
laisclaronutr
agorajornais
portosunset
nutrição