Quarta, 11 Novembro 2015 00:00

‘Trem da Terra’ vai circular em 2016 e quer alavancar o turismo na região

Avalie este item
(0 votos)
‘Trem da Terra’ vai circular em 2016 e quer alavancar o turismo na região Agora Jornais


IMG_4127.jpg

IMG_4132.jpg
O município de Além Paraíba recebeu, no decorrer do dia 9 de novembro, segunda-feira última, a visita técnica de representantes da Secretaria Estadual de Turismo; da OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) “Amigos do Trem”; e da Emater-MG para mapeamento de viabilidade turística/econômica, da gastronomia local, da economia solidária, da agricultura familiar, atrações turísticas e outros dados considerados relevantes para a implantação do Projeto “Expresso Trem da Terra”.

O projeto “ Expresso Trem da Terra”— uma iniciativa da OSCIP “Amigos do Trem”— pretende utilizar a malha ferroviária de Cataguases até Três Rios,com o objetivo de escoar a produção rural, estimulando a agricultura familiar e também criar o turismo e o transporte entre os municípios da região, dentre outros objetivos. Tal trecho da linha férrea tornou-se inativo em agosto deste ano 2015, quando a VLI— Valor da Logística Integrada, ligada à Vale— tirou de circulação o trem que transportava bauxita. Integrantes da OSCIP “Amigos do Trem” pretendem recuperar vagões para o transporte de passageiros, sendo que alguns desses vagões transformar-se-iam em restaurantes para atrair turistas a um passeio de conhecimento das belezas naturais e históricas dessa região mineiro-fluminense. Dentre as várias ações que já estão sendo implementadas para viabilizar o “Trem da Terra”, uma delas são as reuniões com os municípios a serem contemplados com o projeto— como a que aconteceu em Além Paraíba no último dia 9.
O roteiro das visitações em Além Paraíba foi iniciado com um encontro na Estação de Fernando Lobo, seguido de almoço no Restaurante “Fundo de Quintal”— considerando-se aquela região como ponto gastronômico, ponto turístico e de agricultura familiar. Em seguida, aconteceu, também, uma visita à Estação de Simplício e seu entorno (área de caminhada e cemitérios dos turcos).
No centro da cidade, os visitantes puderam conhecer o Complexo da Estação de Porto Novo onde existem o Museu de Ciências e Histórias Naturais, Centro Ferroviário de Cultura (em obras), Casa da Cultura (“Atelier Feito por Nós”), Saguão de Exposições do Cine Brasil e Praça dos Imigrantes (local apropriado para ocorrência de mini-feira, exposição de artesanato do núcleo “Mãos Iluminadas” e de confeitaria do núcleo “Marias de Torrentes”). Também, puderam conhecer a Estação de São José (1ª Estação da E. F. Leopoldina) e seu entorno (Casarão da Prefeitura, Coreto da Praça de São Jose e Igreja Matriz). Ainda compuseram o roteiro turístico ferroviário: as ruínas da Estação de Benjamin Constant; as Oficinas da Leopoldina, com a Maria Fumaça 51; e a bela Ponte Preta, onde existia a Estação de Melo Barreto.
À noite, aconteceu uma reunião no Cine Brasil, coordenada pelo Prefeito de Além Paraíba, Fernando Lúcio Donzeles, e o Secretário de Desenvolvimento e Turismo, Rogério Lobo, durante a qual foi apresentado o projeto “Expresso Trem da Terra”— o trem turístico que deverá circular, a partir do primeiro semestre de 2016, nas cidades de Três Rios e Sapucaia (Centro Sul Fluminense); e Chiador, Além Paraíba, Volta Grande, Recreio, Leopoldina e Cataguases (em Minas Gerais). A reunião também contou com a presença de artesãos, agricultores familiares, funcionários da Prefeitura local e representantes de Conselhos Municipais— entre outros.
O presidente da OSCIP “Amigos do Trem”, Paulo Henrique Nascimento, explicou ao público presente todo o projeto, que já conta com avançadas negociações junto ao Ministério dos Transportes, Governo de Minas e do Rio, ANTT, DNIT, VLI e os oito municípios componentes do circuito (Cataguases, Leopoldina, Recreio, Volta Grande, Além Paraíba, Sapucaia, Chiador e Três Rios). Informou, também, que o objetivo é ter o projeto funcionando dentro de um período de seis meses, com a composição de duas locomotivas, quatro vagões e dois carros-restaurantes.
As representantes da Emater e da Secretaria de Estado de Turismo também fizeram uso da palavra e expressaram admiração pelos pontos turísticos visitados durante o dia e informaram a necessidade de voltar ao município para conhecer os demais patrimônios, “como os casarões das fazendas do ciclo do café e o Distrito de Angustura”. Elas também alertaram às autoridades e interessados no “Trem da Terra” da necessidade primordial de se fazer turismo, agricultura familiar e economia solidária “com qualidade”.
Ao falar aos presentes, o prefeito de Além Paraíba, Fernando Lúcio Donzeles, mostrou-se muito entusiasmado com esse projeto do trem turístico, vendo nele a possibilidade de crescimento econômico para a cidade. O prefeito também ponderou que é necessário o município se estruturar para bem, para receber os turistas que aqui chegarão através dos passeios no “Trem da Terra”.
Por sua vez, o Secretário de Desenvolvimento e Turismo, Rogério Lobo, em sua fala, concordou com o prefeito, afirmando que “muita coisa deverá ser implantada na cidade: guias turísticos, melhoria na gastronomia, pontos turísticos e novos projetos também terão que ser feitos”.
Durante a reunião foi apresentado ao público presente um vídeo feito por Carlos Moura, a partir de fotografias de alguns pontos turísticos de Além Paraíba: pontes; patrimônios históricos e naturais; fazendas históricas do café; igrejas e capelas; os torreões da estação ferroviária de Porto Novo, rotunda da RFFSA e muitos outros locais que têm importância e que poderão servir de atração para o turista que aqui vier. Foi também apresentado um dossiê contendo os pontos turísticos, a situação da rede hoteleira e de restaurantes, a identificação dos agricultores familiares na zona rural e o roteiro turístico do município.
Estiveram presentes à reunião do dia 9 último no Cine Teatro Brasil, o prefeito de Além Paraíba, Fernando Lúcio Donzeles; os vereadores Betão e João do Detran; o Secretario Municipal de Desenvolvimento e Turismo, Rogério Lobo; o produtor cultural Carlos Moura; artesãos; agricultores familiares; funcionários da Prefeitura local; o presidente da (Oscip) “Amigos do Trem”, Paulo Henrique do Nascimento; as representantes da EMATER, Cléa Venina Ruas Mendes e Dóris Florêncio Ferreira de Alvarenga; e as representantes da Secretaria Estadual de Turismo de Minas Gerais, Nathalia Farah Laranjo e Thalita Regina. (Da redação do Jornal Agora. Colaborou: Rádio Mix Além Paraíba)


Trem da Terra X Locomotiva 51

No mês de agosto- 2015 tiveram início as ações do “Movimento Além dos Trilhos”— que pretende recuperar a histórica “Locomotiva 51”, a qual, há quase três décadas, vem sendo reformada no pátio das oficinas da extinta Rede Ferroviária Federal, em Além Paraíba, por um grupo de abnegados voluntários da ABPF -Associação Brasileira de Preservação Ferroviária. A atuação dos voluntários da ABPF inspirou a criação do movimento “Além nos Trilhos”. O objetivo desse movimento— formado pela Associação Brasileira de Preservação Ferroviária ( ABPF - Regional Porto Novo), Museu de História e Ciências Naturais, Sociedade Além Paraibana de Educação ( SAPE), site Além Paraíba Empregos e muitos parceiros e voluntários— é fazer fundos para que ocorra a total reforma da Locomotiva 51. Assim que a máquina estiver pronta, a proposta é ativá-la, com a implantação de um trem turístico local, conduzido pela “Maria Fumaça”, transportando turistas entre as localidades de Fernando Lobo e Simplício (cuja estação ferroviária vem sendo, atualmente, restaurada por Furnas Centrais Elétricas, como compensação ao município em função da construção de sua usina hidrelétrica)
Com o anúncio de que em 2016 começará funcionar o “ Expresso Trem da Terra”— iniciativa da OSCIP “Amigos do Trem”, de Cataguases— chegou a circular na cidade alguns boatos de que o projeto do “Trem Turístico- Locomotiva 51” (“Além nos Trilhos”) não teria mais continuidade. Essa informação foi desmentida nesta semana ao JORNAL AGORA por Pablo Costa Borges, um dos lideres do “Movimento Além dos Trilhos”. Segundo Pablo, as duas iniciativas, embora independentes, complementam-se. O “Movimento Além dos Trilhos” e a OSCIP “Amigos do Trem”, através de seus representantes, têm promovido freqüentes reuniões e ambas estão se apoiando. Já aconteceu uma reunião anterior, no dia 23 de setembro, durante a qual ficou acordado entre os líderes dos dois movimentos que os seus projetos de trens turísticos vão tramitar no Ministério dos Transportes e junto ao governo do Estado de Minas “como complementares e não como concorrentes”.

MOVIMENTO ALÉM NOS TRILHOS APRESENTOU PROJETO DE VIABILIDADE DO TREM TURÍSTICO DE ALÉM PARAÍBA À SECRETARIA ESTADUAL DE TURISMO

Ocorreu na noite de segunda-feira, no Museu de História e Ciências Naturais, uma reunião entre representantes do “Movimento Além nos Trilhos”; o Presidente da ONG “Amigos do Trem”, Paulo Henrique do Nascimento; representantes da EMATER-MG; e representantes da Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais.
Na reunião foi apresentado o "Projeto de viabilidade do Trem Turístico de Além Paraíba - Locomotiva nº 51", sendo a apresentação conduzida por José Luiz Vidal, representante do Movimento.


 

Informações adicionais

  • Cidade: Além Paraíba - MG

7 comentários

  • Link do comentário Alcides de souza gomes Domingo, 05 Março 2017 00:45 postado por Alcides de souza gomes

    gostaria de saber se em 2017 qual mes que vai começar a circular o trem.

    Relatar
  • Link do comentário Mena  Reis Segunda, 19 Setembro 2016 21:43 postado por Mena Reis

    Gostaria de saber quando começam as viagens. Já tem previsão?

    Relatar
  • Link do comentário ANDRE LUIZ Sábado, 30 Julho 2016 21:24 postado por ANDRE LUIZ

    AS ESTAÇÕES DE CHIADOR E BENJAMIM CONSTANT SERÃO REFORMADAS?

    Relatar
  • Link do comentário Ieda Schmidt Quarta, 22 Junho 2016 13:34 postado por Ieda Schmidt

    Já tem data para a viagem inaugural? Quero viajar!

    Relatar
  • Link do comentário andre luis Domingo, 07 Fevereiro 2016 15:04 postado por andre luis

    gostei mto queria que fosse no brasil todo como antigamente irei viajar mto

    Relatar
  • Link do comentário andre Domingo, 07 Fevereiro 2016 15:03 postado por andre

    gostei mto queria que fosse no brasil todo como antigamente irei viajar mto

    Relatar
  • Link do comentário almyr pereira de rezeende Sexta, 05 Fevereiro 2016 20:26 postado por almyr pereira de rezeende

    esse movimento para a implantaçâo dos trens de turismo nessa região, tem que ter o cuidado em não demorar, pois, se assim acontecer, certamente começarão a retirar (roubar) os trilhos e demais componentes.
    Aí, ficará muito difícil de recompor a via permanente.
    Estou torcendo para que tudo dê certo.
    Abs
    Almyr/bsb/df

    Relatar

Deixe um comentário