Quinta, 03 Dezembro 2015 00:00

Justiça dá 30 dias para ABPF retirar Locomotiva 51 do imóvel pertencente à Igreja Católica

Avalie este item
(2 votos)
Justiça dá 30 dias para ABPF retirar Locomotiva 51 do imóvel pertencente à Igreja Católica Soninha Carvalho/Jornal Agora

Em resposta à ação civil pública n° 0015.15.000942-9 proposta pela Diocese de Leopoldina- Paróquia de São José contra a Associação Brasileira de Preservação Ferroviária , o Juiz de Direito da 2ª Vara Cível da Comarca de Além Paraíba, Dr. Claudio Henrique Fuks, concedeu, no último dia 11 de novembro, decisão Liminar que determina que a ABPF promova a limpeza total das antigas oficinas da Rede Ferroviária Federal, retirando daquele imóvel todos os seus vagões, incluindo, também, a “Locomotiva 51”— que há quase três décadas vem sendo reformada por um grupo de voluntários amantes da causa ferroviária. A decisão judicial é datada de 11 de novembro e pode ser encontrada, na íntegra, no site do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (Processo 0048377-95.2015.8.13.0015).
A Igreja Católica- Paróquia de São José, alegou que sempre exerceu “a posse mansa e pacífica do imóvel”, desde 25 de agosto de 1818— há quase dois séculos— e que naquela ocasião “cedeu a área para a Leopoldina Railway Company Limited”, e, em seguida, à Rede Ferroviária Federal, sendo que esta, “por falta de pagamento do aforamento devido” teve o contrato extinto. Argumenta a Paróquia que a ABPF deixou “vários bens móveis no interior do imóvel, inclusive vagões de trem”, já tendo sido notificada extrajudicialmente. Sete vagões de trem estão na área denominada “Rotunda”, tombada por Lei Municipal. A Igreja usou como argumento a sua própria notificação anterior pela Justiça, em Liminar que lhe determina remover as composições que se encontram abandonadas no pátio das antigas oficinas da RFFSA, sendo que, para sua defesa, a Paróquia disse que “não autorizou” a manutenção de vagões em seu imóvel.
A decisão judicial, publicada no final de novembro, foi favorável à Igreja. Como a ABPF sessão Porto Novo já havia informado à Justiça que os vagões pertencem a Associação Brasileira de Preservação Ferroviária com sede em Campinas (SP)— que detém um contrato com a União para a utilização do material rodante da extinta RFFSA para fins culturais, educacionais e turísticos— e, por entender que tal material, da forma como se encontra, deteriora ainda mais o patrimônio histórico tombado, o Juiz determinou que a Associação terá que retirar todos os seus pertences do imóvel da Paróquia de São José, incluindo a velha Locomotiva 51, “no prazo de 30 dias, sob pena de multa diária de R$ 100,00, limitada a R$ 10.000,00”.

Informações adicionais

  • Cidade: Além Paraíba - MG
Última modificação em Sábado, 12 Dezembro 2015 01:43

7 comentários

  • Link do comentário Aloizio Barros de Souza Segunda, 01 Fevereiro 2016 02:05 postado por Aloizio Barros de Souza

    Sou católico, amo minha igreja mas abomino a forma como ela trata alguns assuntos. Não permitem que a ABPF mantenha um patrimônio importante como os vagões e a locomotiva 51 protegidos e ao mesmo tempo deixam que um patrimônio fantástico que são as Oficinas de Porto Novo e a Rotunda, desapareçam. A exemplo do Vaticano, visam o vil metal e esquecem muita vezes a essência do Cristo. O Papa Francisco precisa urgente fazer uma faxina na igreja e nas sacristias. É lastimável o que estão fazendo com o patrimônio ferroviário de Além Paraíba. Estive lá hoje dia 31/01/2016 e vi a locomotiva exposta ao tempo e sujeita à vândalos. Ao mesmo tempo, a FCA também interrompe o trem da bauxita, condenando a ferrovia centenária ao sucateamento. Se nada for feito, perderemos este ramal que está hoje em perfeitas condições de ter a volta do trem ou mesmo de um trem de turismo. O tempo não perdoa. Já perdemos as Oficinas, a Rotunda, a estação e agora se nada for feito, perderemos a ferrovia de vez. Acorda Brasil! Ferrovia é essencial! Além Paraíba pelo visto, quer mesmo destruir a ferrovia. Tenho pena da ignorância de alguns.

    Relatar
  • Link do comentário Aloizio Barros de Souza Segunda, 01 Fevereiro 2016 02:02 postado por Aloizio Barros de Souza

    Sou católico, amo minha igreja mas abomino a forma como ela trata alguns assuntos. Não permitem que a ABPF mantenha um patrimônio importante como os vagões e a locomotiva 51 protegidos e ao mesmo tempo deixam que um patrimônio fantástico que são as Oficinas de Porto Novo e a Rotunda, desapareçam. A exemplo do Vaticano, visam o vil metal e esquecem muita vezes a essência do Cristo. O Papa Francisco precisa urgente fazer uma faxina na igreja e nas sacristias. É lastimável o que estão fazendo com o patrimônio ferroviário de Além Paraíba. Estive lá hoje dia 31/01/2016 e vi a locomotiva exposta ao tempo e sujeita à vândalos. Ao mesmo tempo, a FCA também interrompe o trem da bauxita, condenando a ferrovia centenária ao sucateamento. Se nada for feito, perderemos este ramal que está hoje em perfeitas condições de ter a volta do trem ou mesmo de um trem de turismo. O tempo não perdoa. Já perdemos as Oficinas, a Rotunda, a estação e agora se nada for feito, perderemos a ferrovia de vez. Acorda Brasil! Ferrovia é essencial!

    Relatar
  • Link do comentário almyr  rezende Quinta, 31 Dezembro 2015 19:04 postado por almyr rezende

    Só mesmo nesse nosso país!

    Relatar
  • Link do comentário almyr  rezende Quinta, 31 Dezembro 2015 19:04 postado por almyr rezende

    Só mesmo nesse nosso país!

    Relatar
  • Link do comentário geraldo lourenço vilela filho Domingo, 13 Dezembro 2015 12:30 postado por geraldo lourenço vilela filho

    falta de compreensão da diocese, são peças para futuras recuperação ferroviária, para mostrar o passado tão interessante e bucólico de nossas antigas ferrovias.

    Relatar
  • Link do comentário geraldo lourenço vilela filho Domingo, 13 Dezembro 2015 12:30 postado por geraldo lourenço vilela filho

    falta de compreensão da diocese, são peças para futuras recuperação ferroviária, para mostrar o passado tão interessante e bucólico de nossas antigas ferrovias.

    Relatar
  • Link do comentário Everaldo Mendonça Sexta, 04 Dezembro 2015 11:53 postado por Everaldo Mendonça

    ABSURDO.

    Relatar

Deixe um comentário

alemfitnessdentro
whatsapp_jornal
rvsound
agorajornais
laisclaronutr
farol