Sexta, 11 Dezembro 2015 00:00

Volume de água do Rio Limoeiro assusta moradores ribeirinhos em Além Paraíba

Avalie este item
(2 votos)
Ponte da Rua Carolina Maria, em Vila Caxias. A força das águas. Foto tirada pela reportagem do JORNAL AGORA por volta de 20 horas. Ponte da Rua Carolina Maria, em Vila Caxias. A força das águas. Foto tirada pela reportagem do JORNAL AGORA por volta de 20 horas. Marilia Muniz

 

Uma forte chuva que caiu sobre a região na tarde deste dia 11 de dezembro de 2015 elevou o nível das águas do Rio Limoeiro de tal forma que chegou a causar muito medo na população de Além Paraíba, mais especificamente os moradores das regiões ribeirinhas. O rio não chegou a transbordar e invadir residências, mas a força da correnteza deixou tensos os moradores ribeirinhos. (Foto acima enviada via Whatsapp)
O Limoeiro chegou a subir “cerca de 1 metro e meio”— segundo informou à reportagem do JORNAL AGORA o coordenador da Defesa Civil no município, Renato Miranda.
Ainda aterrorizadas pela tragédia ocorrida em janeiro de 2012, quando o Limoeiro invadiu e derrubou casas, causando a morte de três pessoas, moradores dos bairros Esplanada, Vila Caxias, Jardim Paraíso, Terreirão e Vila Laroca— o percurso urbano do rio— ficaram em estado de alerta. O nível do Limoeiro começou a subir por volta das 17 horas— minutos após ter se ouvido o estrondo de um forte trovão, assemelhando-se ao “barulho de explosão de uma bomba de grandes proporções”. A noite chegou e a água continuou subindo, com uma correnteza muito forte, principalmente no bairro Jardim Paraíso— local onde há uma cachoeira e pequenas corredeiras. Por volta das 20 horas, o volume de água estava quase atingindo a cabeceira das pontes.
A Defesa Civil de Além Paraíba, sob o comando de Renato Miranda, desde a tarde desta sexta-feira, 11, passou a monitorar o Rio Limoeiro. Segundo Renato Miranda, o nível da água começou a baixar, mesmo que lentamente, a partir das 20 horas. Ele desmentiu os boatos que circularam nas redes sociais de que o açude da localidade de Torrentes havia se rompido: “Não houve o rompimento de nenhum açude aqui no município”— atestou, categórico.
Segundo o chefe da Defesa Civil, o que causou a cheia repentina do Limoeiro foi uma tromba d´água que teria caído na cabeceira do rio, no município de Santo Antônio do Aventureiro. Como a nascente e os afluentes do Rio Limoeiro ficam em uma região de serra, as águas das chuvas desceram a serra em grande volume e correnteza. E isso assustou, porém— garante Renato, a situação “está sob controle”: “A situação em Além Paraíba fica no nível da normalidade, principalmente se não voltar a chover”.
Renato foi lembrado pela reportagem do JORNAL AGORA que, em janeiro de 2012, a população também havia se tranquilizado com o nível do rio que tinha subido, mas que já estava baixando, sendo surpreendida, na madrugada, com uma enchente que causou grande destruição e sofrimento. A esse respeito, ele, mais uma vez, fez questão de tranqüilizar os moradores, destacando que as condições atuais são positivas, principalmente porque o nível do Rio Paraíba— que é onde o Limoeiro deságua— está baixo e dá vazão: “Se o Paraíba estivesse muito cheio, a situação seria preocupante, pois ele represaria a foz do Limoeiro e isso poderia provocar uma cheia. Como o Paraíba está baixo, a tendência é que o fluxo do Limoeiro permaneça liberado, como está sendo. Desta forma, a população ribeirinha pode ficar tranqüila”— assegurou o chefe da Defesa Civil em entrevista ao JORNAL AGORA.
VEJA MAIS FOTOS ABAIXO:

Moradores do Jardim Paraíso monitoram o nível da água do Limoeiro. Noite de sexta-feira, 11 de dezembro de 2015. (Foto:Jornal Agora)

 

Ponte do Terreirão. (Foto:Jornal Agora)

 

Ponte na Vila Laroca. (Foto:Jornal Agora)

 

O pequeno riacho, que desemboca no Limoeiro, transformou-se em um grande rio no final da tarde deste dia 11 de dezembro. (Foto enviada via Whatsapp)

 

Informações adicionais

  • Cidade: Além Paraíba - MG
Última modificação em Sábado, 12 Dezembro 2015 01:43

Deixe um comentário

whatsapp_jornal
alemfitnessdentro
agorajornais
rvsound
laisclaronutr
nutrição