Terça, 21 Junho 2016 00:00

Capitão da PM fala sobre apreensão de carro de vereador e a criminalidade em Angustura

Avalie este item
(0 votos)
Capitão da PM fala sobre apreensão de carro de vereador e a criminalidade em Angustura Renato Macharet- Ascom Câmara

Em pouco mais de 30 dias, o Capitão Sandro Josefino esteve por duas vezes no plenário da Câmara Municipal de Além Paraíba, durante sessões ordinárias. A primeira vez, no dia 2 de maio, o atual comandante da 52ª Cia da Polícia Militar de Além Paraíba esteve na reunião legislativa atendendo a requerimento do vereador Roberto Tolentino, o “Betão”. O vereador pediu a convocação da autoridade policial para oficializar sua indignação com relação à insegurança pública devido aos reiterados furtos que estão acontecendo em Além Paraíba e, em especial, no distrito de Angustura. Ao ser ouvido pelos vereadores, na tarde do dia 2 de maio, o Capitão Sandro Josefino disse que tem estado pessoalmente em Angustura, conversando com os moradores e analisando uma lista de nomes de pessoas envolvidas nos delitos ocorridos naquele distrito. O Capitão relatou as limitações da ação policial, com ênfase na questão dos menores infratores. Segundo o comandante da PM local, as Leis hoje vigentes “algemam” os policiais. Ele ainda apresentou outros aspectos legais que limitam as ações da Polícia Militar. Dez dias depois do Capitão Sandro ter comparecido à Câmara, a Polícia Militar de Além Paraíba conseguiu prender, no distrito de Angustura, um indivíduo de nome Lair Rodrigues Ferreira, 35 anos, conhecido por “Lairzinho”. Ele seria um dos suspeitos de integrar a gangue de criminosos que vem aterrorizando o distrito de Angustura nos últimos tempos.
A segunda visita do Capitão Sandro Josefino à Câmara Municipal se deu na tarde do dia 6 de junho. Ele esteve presente à sessão do Legislativo de Além Paraíba para falar de um episódio ocorrido três dias antes, na tarde do dia 3 de junho, uma sexta-feira, ocasião em que a Polícia Militar, após ter recebido denúncia, apreendeu, no bairro de São José, o veículo Fiat Uno pertencente ao vereador Wellington Júnior Silva. O carro do vereador foi guinchado e levado para o pátio do depósito do Detran. Quando aconteceu a apreensão do carro do vereador, circulou na cidade que a atitude da PM teria sido por revanche, em função de que Wellington, há pouco tempo atrás, no mês de abril, havia participado de um programa radiofônico em que teceu críticas à PM, citando nominalmente o Sargento responsável pelo trânsito na cidade, o qual, segundo o parlamentar, estaria agindo de forma muito rigorosa. Indo um pouco mais além, o vereador chegou a sugerir que a polícia estaria sendo conivente com irregularidades da empresa de ônibus Treze de Junho e que estaria recebendo para isso.
Em sua participação na reunião do dia 6 de junho, logo após o episódio de apreensão do carro do vereador Wellington, o Capitão Sandro descartou que a ação da PM tenha sido uma revanche contra o parlamentar. Segundo ele, houve uma denúncia de que o carro de Wellington estava estacionado irregularmente nas proximidades da Câmara Municipal, com parte em uma garagem e outra parte em vagas para motocicletas. O fato do veículo ter sido guinchado deveu-se, também, segundo o Comandante, em decorrência de infrações verificadas após consulta dos documentos do automóvel ao sistema eletrônico da PM. O Capitão Sandro foi enfático ao dizer que a atitude dos policiais se aplica e se aplicará “a todos, indistintamente, dentro do que prevê a Lei”. Ele sugeriu que todas as autoridades procurem respeitar a legislação de trânsito para que os problemas sejam evitados.

Informações adicionais

  • Cidade: Além Paraíba - MG

Deixe um comentário

alemfitnessdentro
whatsapp_jornal
farol
laisclaronutr
rvsound
agorajornais