Quinta, 09 Abril 2015 00:00

Vereadores dizem não entender os motivos para o corte de despesas na coleta do lixo

Avalie este item
(0 votos)

A situação da coleta de lixo no município foi motivo de debate na reunião realizada pela Câmara Municipal de Além Paraíba na tarde do dia 23 de março. A coleta de lixo, antes feita integralmente, e diariamente, pela empresa Compromisso Ambiental, passou a ser realizada, em alguns bairros da cidade, em dias alternados, sendo que, na zona rural, a função do recolhimento do lixo doméstico retornou aos operários da Prefeitura. A Administração Municipal quis, com a medida, reduzir as suas despesas, economizando 16% do total do contrato com a Compromisso Ambiental.
Para o vereador Neidson Baião (PV), “trinta mil reais não é economia e não resolve o problema”. Ele acusou a Prefeitura de estar se utilizando do trabalho da Equipe de Combate à Dengue que estaria fazendo o papel de “coletores de lixo” em Além Paraíba: “Isso não é função dos Agentes de Combate a Endemias”. O Vereador Baião lembrou que é preciso que a população também seja conscientizada a guardar o lixo até o dia da coleta e ressaltou a importância da ACRAP— Associação dos Catadores de Recicláveis de Além Paraíba— que, a seu ver, também atua na coleta do lixo urbano, recolhendo 150 toneladas de material reciclável todos os anos, uma média de 12 toneladas mês.
Já o vereador Gelson Luiz de Moura, o Bi (PDT), em discurso na reunião do dia 23, também opinou sobre a situação da coleta de lixo: “Não há como negar o bom trabalho da empresa Compromisso Ambiental. Seu aterro sanitário, onde é depositado o lixo, é de primeiro mundo e evitou que a PMAP precisasse fazer, sem condições, um aterro sanitário.” Bi concorda que a população deveria ter sido informada e conscientizada, antes que houvesse mudanças nos dias e horários de coleta, e criticou alguns munícipes, que insistem em jogar móveis velhos e entulhos nos logradouros e praças da cidade, comportamento que está em desacordo segundo o código de postura do Município. O vereador lembrou que houve que a PMAP já havia feito grande economia na coleta do lixo hospitalar e disse “não entender” por que a situação da coleta de lixo urbano ainda continuou sendo um problema financeiro para a Prefeitura de Além Paraíba. Assim sendo, Bi sugeriu que a Câmara convide o prefeito Fernando Lúcio Donzeles e o Secretário de Finanças, Cleiton Tavares, para que compareçam ao Legislativo, a fim de fazerem tais esclarecimentos aos vereadores. (Da redação, com informações de Renato Machareth/Ascom Câmara)

Informações adicionais

  • Cidade: Além Paraíba - MG

Deixe um comentário

whatsapp_jornal
alemfitnessdentro
nutrição
portosunset
laisclaronutr
rvsound