Quarta, 14 Dezembro 2016 00:00

Irineu Kleber Cocão da Fazenda São Joaquim é parceiro das Fazendas do BASA

Avalie este item
(1 Voto)
Animais levados ao cocho para se acostumarem com o manejo Animais levados ao cocho para se acostumarem com o manejo Divulgação Fazenda Basa

"Fazendas do BASA promovem parcerias através da Rede Gado Bom, e Zona da Mata se destaca na produção do Girolando Plus"


Possuidora de um extraordinário banco genético que, com a tecnologia de FIV, tem a capacidade de produzir milhares de embriões, as Fazendas do BASA tem hoje em seu plantel, uma seleção de grandes doadoras com genética dos maiores criatórios de Gir Leiteiro do Brasil.
Depois de conquistar importantes parceiros por várias cidades e estados brasileiros, as Fazendas do BASA, está destacando também, algumas de suas experiências no município de Muriaé, na Zona da Mata Mineira. Quem nos conta um pouco de sua trajetória é o produtor e proprietário da Fazenda São Joaquim, Sr. Irineu Kleber Macedo Felisberto Júnior (Cocão). Prestes a completar duas décadas na atividade rural, que se iniciou em 1997, Sr. Irineu nos revela, que em 2009, seu negócio ganhou um pouco mais de intensidade, mas, foi em 2013 que suas perspectivas aumentaram, devido a parceria com a Rede Gado Bom do BASA, o que já lhe rendeu a produção de muitos animais de altíssima qualidade.
Localizada no município de Muriaé, a Fazenda São Joaquim que ao longo desses anos vem produzindo leite, encontrou na parceria com a Rede Gado Bom do Basa, condições para aumentar a produtividade do rebanho e consequentemente, garantir melhor retorno da atividade. Em entrevista à nossa reportagem, Sr. Irineu deixa claro sua satisfação em produzir gado bom.


-Porque a escolha desta raça e a parceria com a Rede de Gado Bom das Fazendas do Basa?

O girolando para nossa região é o melhor custo beneficio. E a escolha da parceria com o Basa foi devido ao grande plantel existente nas fazendas, a facilidade de comunicação com os responsáveis técnicos da fazenda, Dr. Simeão e Luiz Fernando Feres e até mesmo com o proprietário Dr. Evandro, que realiza um bom Marketing do trabalho de seleção das Fazendas do Basa. Estou com a parceria desde 2013.


-Quantos animais essa parceria já produziu e qual a média de produtividade de animais com base genética BASA?
Já nascidas foram cerca de 140 bezerras, mas entre nascidas e a nascer, são mais de 200 animais e quanto a produtividade, ainda não tenho dados pois vão começar a parir no início do ano de 2017.


-É possível fazer uma comparação de antes e depois da produção de animais com a genética do Basa?

Com certeza, a diferença é clara, acredito que esses animais com genética selecionada trarão ganhos consideráveis.


-O que se destaca no trabalho realizado pelas Fazendas do Basa, com base somente nas doadoras Gir Leiteiro com lactações reais expressivas, aferidas oficialmente e de famílias muito consistentes?

Além de todas essas qualidades, que já sabemos existir nos animais do Basa, ainda tem quantidade de doadoras com diversidade de pedigrees, o que nos possibilita estar fazendo acasalamentos diferenciados.


-E quanto ao mercado? Como o senhor analisa o comportamento da economia em relação a cadeia produtiva do leite?

O mercado é influenciado pelo poder de compra da população, que hoje é baixa e não temos incentivo do governo, aliás temos uma concorrência do governo com a abertura das importações.


-É possível melhorar as políticas públicas de incentivo ao produtor rural?

Acho muito difícil.


-Em relação a economia da sua cidade, esse trabalho realizado em parceria com as Fazendas do Basa, alterou positivamente? As bezerras têm boa liquidez?

Alterou a visibilidade com que os compradores olham para o nosso rebanho, e quanto a venda se tiver um preço dentro da realidade, acredito que a liquidez seja garantida.


-No seu ponto de vista, existe um diferencial entre as Fazendas do Basa, em relação a outras propriedades que já visitou?

Com certeza, além da qualidade genética do rebanho, você observa a organização e o profissionalismo com que são realizados os trabalhos nas propriedades.


-Fala-se muito que a economia deve voltar a crescer, o senhor acredita que o agronegócio seja um dos setores que dará alento a esse crescimento?

Tem tido muita propaganda na televisão que realmente é uma grande verdade, vai depender muito dos nossos governantes.


-Ao escolher o Programa Rede Gado Bom do Basa, o senhor demonstrou confiança na competência da equipe técnica das Fazendas do Basa, foi difícil tomar essa decisão?

Não, como havia dito, a facilidade de comunicação com os veterinários responsáveis pelo rebanho das Fazendas do Basa, nos garante tranquilidade para realizar uma boa parceria.


-O que o senhor diria a futuros parceiros do Programa Rede Gado Bom das Fazendas do Basa?

Quem começa não pensa em parar, principalmente quando se produz uma boa mercadoria.


Seja você também um PARCEIRO das Fazendas do BASA - LIGUE (32) 3441-6001 Agende uma visita.

Novilhas_criadas_em_regime_semi_intensivo.jpg
Novilhas criadas em regime semi intensivo.

Novilhas_primíparas.jpg
Novilhas primíparas.

O_futuro_do_rebanho_são_as_bezerras_que_recebem_manejo_diferenciado.jpg
O futuro do rebanho são as bezerras que recebem manejo diferenciado.

Parte_das_bezerras_recebendo_reforço_alimentar.jpg
Parte das bezerras recebendo reforço alimentar.

A_rotina_de_alimentação_no_cocho_ajuda_no_temperamento.jpg
A rotina de alimentação no cocho ajuda no temperamento.

Informações adicionais

  • Cidade: Além Paraíba - MG

Deixe um comentário

alemfitnessdentro
whatsapp_jornal
laisclaronutr
agorajornais
rvsound
farol