Segunda, 09 Março 2015 00:00

Mulher foi barbaramente espancada após baile na Ilha do Lazareto

Avalie este item
(0 votos)

No último dia 28 de fevereiro, por volta das 4h40min da manhã, a Sra. Sônia Maria Dias (FOTO), 38 anos de idade, foi abordada por detrás e cruelmente espancada por três mulheres que, segundo ela, têm as seguintes iniciais: acusada L, acusada J e uma adolescente, M, de 16 anos de idade.
O fato aconteceu quando ela saía de um baile no bairro Ilha do Lazareto, em Além Paraíba, e seguia para a localidade Barão, distrito que pertencente a Sapucaia, no Estado do Rio de Janeiro.
Conforme entrevista que Sônia concedeu à rádiowebalemparaiba.com, o motivo da agressão está ligado “a umas roupas que as mulheres deixaram em sua casa”, quando as mesmas moraram com ela na localidade do Barão, em Jamapará.
Sônia— que ficou hospitalizada por vários dias no Hospital São Salvador, em Além Paraíba, teve o maxilar quebrado, escoriações no rosto, levou alguns pontos e apresenta fortes dores nas costelas quando respira.
Um dos filhos de Sônia, que veio da cidade de Carangola-MG para visitar a mãe, diz estar revoltado com a covardia praticada contra ela. As três mulheres agressoras, além de espancarem Sônia, ainda teriam roubado sua bolsa com todo os seus pertences e documentos pessoais— afirmou Renan, filho de Sônia, ao blog de Adenílson Mendes.
Na ocasião do crime, "que pode ser encarado como tentativa de homicídio", Sônia foi encontrada pela Polícia Militar caída próximo à linha férrea, localizada abaixo do Morro do Hospital São Salvador. O SAMU foi acionado e conduziu a mulher agredida para o HSS.
Sônia deverá ser submetida a uma cirurgia no maxiliar.
O caso segue sob investigação pela Polícia Civil de Além Paraíba. (Informações: Blog Adenilson Mendes)

Deixe um comentário