Cotidiano

Cotidiano (670)

A ACEAP – Associação Comercial e Empresarial de Além Paraíba – sediou na última semana, dias 22 e 23 de maio, duas palestras gratuitas e extremamente importantes para o desenvolvimento empresarial. Ambas as palestras foram trazidas pelo SEBRAE, em atenção à Semana Nacional do MEI – Microempreendedor Individual, e realizadas no novo auditório da ACE.
Dia 22, Nyuri Maryins tratou de marketing digital. Em uma fala acessível e com dicas importantes, o palestrante sobrevoou as mídias sócias que podem ajudar na comunicação das empresas, fazendo as vendas aumentarem. Nyuri falou do novo consumidor, muito mais bem informado que o do passado e explicou o funcionamento de algumas ferramentas úteis nas mídias sócias, como Google Meu negócio, Facebook e instagram, e como elas podem ser úteis em ocasiões específicas.
Já no dia 23, foi a vez de falar sobre como identificar oportunidades de negócios. O palestrante Wilson caldeira da Silva falou para quem ainda vai começar sua empresa e para quem já vê o momento de expandir a sua.
Ambas as palestras foram gratuitas e reuniram profissionais e empresários de áreas diversas. (Amanda Silveira-ACEAP)

11cdd3c1-a0d4-4d84-b87a-6f3a9f656008.jpg2caf2dea-007d-4adf-a491-41f2dd50aba9.jpgcff7d7cc-a774-42fd-b281-68e9be62b9c6.jpg28e09cc7-04cf-4c4e-88a2-7c86571d72ee.jpg

 

 

 

 

Minas  confirmou na última semana mais duas mortes por gripe, sendo um caso em Belo Horizonte e outro em Andrelândia, no Sul do Estado. Com isso, o número de pessoas que perderam a vida em decorrência da doença saltou para quatro. Anteriormente, o governo confirmava uma morte em BH e outra em Juiz de Fora. Os dados são da Secretaria de Estado de Saúde e foram divulgados sexta-feira (dia 24). O boletim epidemiológico revela que além dos quatro óbitos por gripe, outras 11 pessoas morreram por outras doenças respiratórias, como pneumonia. Hoje, há 86 óbitos por Síndrome Respiratória Aguda Grave em investigação. Conforme o levantamento, o Estado teve 56 internados por síndrome gripal, sendo 47 por H1N1. Outros 148 foram hospitalizados por outros vírus respiratórios. A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza começou no dia 10 de abril e segue até 31 de maio em todo o país. (Carlos Roberto “Banjo” rádio 102,7)

O Sindicato Rural de Além Paraiba realiza a partir de hoje mais um curso de curta duração em parceria com o SENAR, Serviço Nacional de Aprendizagem Rural. Desta vez está sendo ministrado o curso de Tomates e Picles, que será realizado de hoje até quinta-feira, dia 30 de maio, com aulas das 08:00 às 17:00 horas, na sede do Sindicato Rural, na Ilha do Lazareto. Estão sendo oferecidas gratuitamente 12 vagas para candidatos com idade mínima de 18 anos. (Carlos Roberto “Banjo” rádio 102,7)

Prêmio concedido pela FIEMG foi entregue nessa quinta-feira (23), em Belo Horizonte, com a presença do governador Romeu Zema
O diretor-presidente do Grupo Energisa, Ricardo Botelho, que recebeu o prêmio Industrial do Ano nessa quinta-feira (23), defende que a recuperação da economia brasileira passa pela retomada da indústria, pela promoção da inovação e pela criação de um ambiente de negócios favorável ao desenvolvimento dos negócios. A premiação, concedida pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG), reconhece empresários que contribuem para o desenvolvimento do estado e do Brasil.
O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, compareceu ao encontro e defendeu que o estado deve fazer as atribuições básicas de educação, segurança e saúde, e não empreender. “Se fizéssemos isso adequadamente a população estaria extremamente satisfeita”, afirmou. “O estado no Brasil se transformou em um agente de restrição ao desenvolvimento, e não propulsor”. Ele citou a simplificação da tributação no estado e a agilização das licenças como medidas que já estão sendo implementadas em Minas. “A única coisa que eu gostaria de deixar como marca do meu governo é essa mudança de mentalidade. O principal agente de desenvolvimento não é o estado, é o setor privado.”
Em seu discurso, Ricardo Botelho, defendeu que o caminho para “tirar o freio da economia tradicional de Minas” passa pela adaptação das empresas à próxima revolução industrial. “Uma base de empresas inovadoras alicerçadas nas vocações regionais nos permitirá retreinar nossa mão-de-obra e prepará-la para o futuro digital”, disse, destacando o papel do SENAI e outras instituições de ensino de excelência que têm papel relevante nessa transformação. “Esse é o momento de nós, empresários, olharmos para o futuro e trabalharmos para a criação da união das redes de indústrias, fortalecendo os principais elos produtivos do nosso estado e criando outros novos”, conclamou.
Ele destacou algumas das contribuições que a Energisa tem legado à economia mineira. Para 2019, o Grupo prevê um investimento de R$ 78,5 milhões na Energisa Minas Gerais, distribuidora com sede em Cataguases e que atende a municípios da Zona da Mata. A cidade também abriga a Central de Serviços Energisa (CSE), o 5º maior centro de serviços compartilhados do Brasil e que atende a todas as empresas do Grupo Energisa. Dentro do CSE, também foi inaugurada este ano a Fábrica de Softwares, empregando 350 pessoas.
Essas iniciativas funcionarão com o alicerce de um projeto maior: o Rio Pomba Valley, um ecossistema para alavancar o desenvolvimento regional na direção da chamada nova economia. Além da tecnologia, a empresa também segue com investimentos em cultura e produção audiovisual. “No último decênio, investimos R$ 32,5 milhões, impactando 30 projetos culturais, 27 projetos audiovisuais e mantendo espaços culturais na região. Em 2019, a previsão de investimento no Polo de Audiovisual da Zona da Mata é de R$ 11,4 milhões”, detalha Botelho, ressaltando que o impacto estimado na economia foi de R$ 29 milhões desde a criação do Polo e que mais de 1.500 pessoas foram contratadas localmente para as produções.

Entretanto, Botelho ressaltou que para superar o cenário hostil à livre iniciativa, é necessário reformar o ambiente de negócios. “Nossos atletas empresários são obrigados a competir carregando em suas costas o peso do Estado obeso, avantajado”, afirmou. “Para bem da nossa indústria é necessário atacar imediatamente os custos ocultos, as normas bizantinas e obrigações acessórias que travam os negócios nacionais”. Ao falar especificamente da situação mineira, Botelho lista como objetivos a serem alcançados a busca do equilíbrio fiscal, a melhoria dos serviços sociais básicos, a implantação de um plano de redução de desigualdades e a melhoria da qualidade de vida da população mais pobre.
No evento, também foram premiados o CEO e chairman da MRV Engenharia, Rubens Menin Teixeira de Souza, agraciado com a medalha de Mérito Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI). Outros 15 industriais também foram homenageados com o Mérito Industrial. (GERÊNCIA DE COMUNICACAO E MARKETING)



Industrial do Ano_Crédito Sebastião Jacinto Jr_FIEMG (3).jpgIndustrial do Ano_Crédito Sebastião Jacinto Jr_FIEMG (2).jpgIndustrial do Ano_Crédito Sebastião Jacinto Jr_FIEMG (1).jpgimage005.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Câmara Municipal de Além Paraiba aprovou esta semana em Segundo Turno o Projeto de Lei - PL 008/2019- de autoria do Poder Executivo, que autoriza o Executivo a abrir Crédito de R$ 100.510,71.  O recurso é proveniente de uma Emenda Parlamentar que o vereador Rodrigo França conseguiu junto a Deputada Federal Margarida Salomão, do PT.  O recurso será repassado integralmente a APAE de Além Paraiba, que realiza um excelente trabalho em nossa cidade.  O vereador Rodrigo França comemorou bastante a conquista da verba que ajudará consideravelmente a APAE no desenvolvimento de suas atividades.

O Art Além, núcleo de artesanato do programa Empreender, desenvolvido pela ACEAP- Associação Comercial e Empresarial de Além Paraíba, realizará, nesta sexta-feira, dia 24 de maio, a reinauguração de sua LOJA ART ALÉM, na Galeria Stella Pinto, do Cine Teatro Brasil. Depois de um período, em que ficaram sem local físico o Governo Municipal voltou a ceder aquele espaço para o núcleo. Lá, os integrantes terão sua arte exposta e disponível para a compra.

Essa semana é a SEMANA DO MEI, Microempreendedor Individual, evento nacional, que ocorre todo ano em maio, e este ano as ações em Além
Paraíba serão duas palestras voltadas para esse empresário. Marketing Digital para sua Empresa - Dia 22/05/2019 - 19 horas (NIURU MARYINS
PEREIRA) e Tendências de Mercado: Como identificar oportunidades de negócio - Dia 23/05/2019 - 19 horas (WILSON CALDEIRA DA SILVA).
Ambas as palestras serão realizadas na sede da ACEAP - Associação Comercial e Empresarial de Além Paraíba e são gratuitas. Os interessados
devem entrar em contato com o setor comercial da instituição - 32 346612145 - e falar com Ana Paula ou Priscilla. (Amanda Silveira – ACEAP)

A ACEAP, Associação Comercial e Empresarial de Além Paraíba, sediará de 03 a 06 de junho, o curso Como atender melhor seus clientes.
O objetivo é discutir e refletir sobre as ações e procedimentos de atendimento e do desenvolvimento da empresa, que gerem resultados positivos através da satisfação do cliente.
O curso terá uma carga horária de 15 horas e abordará os tópicos: perfil do profissional de atendimento; habilidades essenciais do profissional de atendimento; mecanismos que geram satisfação do cliente; quanto custa ofertar serviços e itens adicionais (agregação de valor); os 7 pecados do atendimento; estratégia ACM: atrair, conquistar e manter clientes; ações de estímulo à indicação de novos clientes; situações de atendimento, imagem sólida e positiva no mercado; entre outros.
O público alvo dessa capacitação são MEI – empreendedores Individuais, microempresas, potenciais empresários e empresas de Pequeno Porte
O curso terá certificado e as informações podem ser adquiridas no setor comercial da ACEAP – 32 34661245. 


Foi realizado, de 05 a 09 de maio, na ACEAP, Associação Comercial e Empresarial de Além Paraíba, o curso de Vendas para MPE.
Com participação de empresários e colaboradores, o curso teve como objetivo orientar os participantes para a implantação das práticas e ferramentas de processos de vendas, promovendo melhorias no ponto de venda, nos canais, na força de venda e na estratégia comercial como um todo.
Foram 12 horas de conhecimento, com o consultor do SEBRAE Waldir Jorge Ferreira.
A ACEAP, em parceria com o SEBRAE, está sempre investindo nessas capacitações, a fim de fomentar as vendas e desenvolvimento do comércio, principalmente nesse momento em que todo o país atravessa uma crise financeira.
No mesmo período o Art Além, núcleo de artesanato do programa Empreender, desenvolvido pela ACE, participou do PDA – programa de desenvolvimento associativo – do SEBRAE. O curso oferecido foi o de aprimoramento de produtos (Artesanato Design) e o núcleo participou em massa, com a consultora Mazarelo Carneiro de Miranda. /
(Amanda Silveira-ACEAP)

ACE.jpg
O Art Além no aprimoramento de produtos.

 

Curso de vendas 2.jpgCurso de Vendas.jpg

 

 

Agentes da Polícia Rodoviária Federal - PRF de Leopoldina, apreenderam na BR-267, em Guarará-MG, uma combinação de carga (caminhão) transportando combustível irregularmente.
Um caminhão que transportava 45 mil litros de etanol foi apreendido na quarta-feira (8 de maio) na BR-267, em Guarará, na Zona da Mata MG, por agentes da Polícia Federal de Leopoldina. De acordo com a PRF, a documentação referente ao combustível apresentava irregularidades. O motorista estava vindo do interior de São Paulo com destino à região metropolitana do Rio de Janeiro. O veículo e a carga apreendida foram encaminhados para a Delegacia de Polícia de Bicas.
Recentemente, uma investigação da Polícia Civil em conjunto com a Receita Federal levou à descoberta de um esquema que coloca Zona da Mata como rota de adulteração de combustíveis e sonegação de impostos. A região passou a ser usada para enganar a Receita Estadual.
De acordo com a investigação, desde 2017 já foram apreendidos 30 veículos na Zona da Mata, sendo que 10 deles neste ano e o último foi a carreta acidentada.
Desde de fevereiro, cinco carretas estão detidas no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Juiz de Fora. Quatro delas estão carregadas com 110 mil litros de gasolina adulteradas. O material passou por uma análise da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), que encontrou um alto teor de enxofre em composição. Além disso, as cargas não estavam acompanhadas de nota fiscal. (Da redação, com informações do Site G1.com)