Cotidiano

Cotidiano (670)

No mês de abril, a ANEEL transferiu 64 mil, 180 reais e 97 centavos para Além Paraíba a título de Compensação Financeira pela utilização de recursos hídricos para geração de energia elétrica pelas usinas de Furnas, em Simplício, e da Light, na Ilha dos Pombos. Do total, 40 mil 7 reais e 67 centavos foram repassados pela Light e 24 mil,  173 reais e 30 centavos por Furnas. Em 2014, o total acumulado alcançou 715 mil, 464 reais e 93 centavos, o que significou 86,64% do total repassado em todo o ano de 2013, que alcançou 825 mil, 816 reais e 76 centavos. A perda de arrecadação em valores reais (incluindo a inflação do período) ficou próxima de 22%. Este ano, até abril, foram repassados 180 mil, 202 reais e 32 centavos.   A Compensação Financeira é um percentual que as concessionárias e empresas autorizadas a produzir energia por geração hidrelétrica pagam pela utilização de recursos hídricos. As informações podem ser conferidas no site da Agência Nacional de Energia Elétrica

O imóvel onde deveria funcionar a única Unidade Básica de Saúde de Vila do Pião, em Sapucaia, está com as obras de construção paralisadas. Previstas para serem entregue em janeiro de 2014, a reforma e a ampliação do posto médico, iniciadas um ano antes, não saíram do papel, ou melhor, do cartaz. Orçada em R$ 104.808,52, a obra foi paralisada ainda no primeiro semestre de 2013, embora o Portal da Transparência informe que o valor do projeto, que será custeado em parte pelo Ministério da Saúde, já foi repassado pela União. Segundo moradores, o trabalho foi interrompido após a prefeitura ter instalado provisoriamente a unidade de saúde em três lojas que teriam sido alugadas do pai do vereador Jackson Carneiro (PTB).
A secretária de Comunicação do município confirmou a informação. Maria José Bonfim Gomes, contudo, não esclareceu se o contrato de aluguel foi precedido de licitação. Ela também não respondeu ao e-mail que pedia detalhes sobre a paralisação da obra na Vila do Pião e das três ações que tramitam na Justiça, nas quais o prefeito Anderson Zanon (PSD) é acusado de suposto dano ao erário e improbidade administrativa. Num dos processos, ele figura como réu por pagar, com recursos do município, a contratação de um táxi para servir de ambulância a moradores. O GLOBO deixou dois recados na secretária eletrônica do vereador Jackson, que não retornou.
— O prefeito não dá satisfação à população. Tentei fazer um abaixo-assinado para cobrar a conclusão da obra do posto, mas os moradores têm medo de assinar — diz a comerciante Therezinha Cunha.
No posto de saúde provisório, moradores têm dificuldade de encontrar atendimento e, sobretudo, remédios. É o caso do agricultor aposentado Eledenai de Oliveira, que há seis meses tenta em vão conseguir medicamentos para tratamento do coração. (Fonte: G1.com)

A falta de regulamentação, em Além Paraíba, da “Lei do Passe Livre” (Lei Federal 8.899, de 29 de junho de 1994), para portadores de necessidades especiais, volta a gerar polêmicas e muitas reivindicações nos veículos de comunicação, como emissoras de rádio e Internet. Como não existe uma regulamentação em nível local, algumas pessoas portadoras de necessidades especiais, estão tendo seu benefício cortado, já que a avaliação feita pela Prefeitura através da Secretaria de Assistência Social vem obedecendo apenas ao critério da avaliação da renda, e não, também, a avaliação pela deficiência apresentada, conforme é determinado pela Lei Federal. A Lei Federal diz que têm direito ao passe livre pessoas com deficiência física, mental, auditiva, visual ou renal crônica, comprovadamente carentes— aqueles indivíduos com renda familiar mensal “per capita” (por cabeça) de até 1 salário mínimo. Para tal, é levada em consideração todas as rendas da família, dividindo pelo número de pessoas da casa. E nessa divisão, a renda “per capita” não pode ultrapassar 1 salário mínimo.
A reclamação sobre o corte do “passe livre” para algumas pessoas, por parte da Secretaria de Assistência Social (obedecendo ao critério básico da Lei Federal), o qual deu início às discussões sobre esse problema, partiu da comerciária Ilza Lima, uma alemparaibana portadora de necessidades especiais adquiridas após ser acometida por um Acidente Vascular Cerebral há alguns anos atrás. Ilza participou recentemente de um programa radiofônico e também de uma calorosa discussão no Facebook, relatando sobre o corte do seu benefício, sendo que ela, já há três meses, vem buscando solução junto às autoridades municipais, como prefeito e vereadores, sendo que a situação continua inalterada.
Assim como Ilza, existem, no município, centenas de outras pessoas que também vêm sendo prejudicadas, já que não há, em nível municipal, uma regulamentação para a Lei Federal que determina prioridade aos portadores de deficiência física, mental, auditiva, visual ou renal crônica, levando-se em consideração maior o problema apresentado e, em menor importância, a renda “per capita”.
O desabafo de Ilza chamou a atenção para a falta que vem fazendo no município o Grupo Integração, originariamente criado pela Secretaria de Assistência Social à época da ex-Secretária Isabela Rainho. Há alguns anos, por falta de apoio do Poder Público, o Grupo Integração—que congregava familiares e os próprios portadores de algum tipo de necessidade especial— deixou de atuar, criando uma lacuna e deixando, de certa forma, desamparados os que dele faziam parte e, por conseqüência, a grande maioria dos portadores de deficiência.
Ao fazer o seu desabafo e abrir a polêmica em torno do assunto nas redes sociais, Ilza Lima despertou a atenção do vereador Neidson Baião (PV) que, publicamente, comprometeu-se em intermediar a questão entre os prejudicados e a Prefeitura Municipal. Ao Jornal AGORA, o vereador Baião lembrou que, de fato, a Lei Federal regulamenta a questão do passe livre obedecendo ao critério de 1 salário mínino “per capita”, considerando como “carentes” aqueles que, dividida a renda familiar de todos os membros, não ultrapassar 1 salário mínimo por mês. O vereador Baião informou à reportagem que a tal Lei Federal terá que passar por algumas alterações municipais e que ele pretende adaptá-la, entendendo como “carentes” aqueles portadores de deficiência que recebem até um salário mínimo, sem que se leve em consideração a renda de outros membros da família. Já foi solicitada, por Baião, uma reunião com o prefeito Fernando Lúcio Donzeles, para discutir essa questão, bem como o retorno das atividades do Grupo Integração, que sempre foi coordenado pela Secretaria de Assistência Social, quando de seu funcionamento no município. Na reunião ordinária da Câmara Municipal no dia 13 de abril, o vereador do PV solicitou a atenção do Prefeito em relação ao grupo Integração e salientou que a entidade está fazendo falta, pois em média 20 a 30% da população têm algum tipo de deficiência no Município e estas pessoas estão tendo dificuldades de conseguir os passes a que têm direito.

A bandeira tarifária para o mês de maio de 2015 é vermelha para todos os consumidores brasileiros – o que significa um acréscimo de R$ 5,50 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos – exceto para os estados do Amazonas, Amapá e Roraima.

Pelo sistema de bandeiras tarifárias, as cores verde, amarela e vermelha indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração de eletricidade. Assim, o consumidor poderá identificar qual bandeira do mês e reagir a essa sinalização com o uso consciente da energia elétrica, sem desperdício.

As cores indicam:

• Bandeira verde: condições favoráveis de geração de energia. A tarifa não sofre nenhum acréscimo;

• Bandeira amarela: condições de geração menos favoráveis. A tarifa sofre acréscimo de R$ 2,50 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos;

• Bandeira vermelha: condições mais custosas de geração. A tarifa sobre acréscimo de R$ 5,50 para cada 100 kWh consumidos.

Veja as dicas da Energisa de uso mais eficiente da energia:

o O chuveiro é o aparelho que mais consome energia elétrica, responsável, em média, por 25% do consumo residencial. Aproveite os dias de temperaturas mais altas e regule o chuveiro na posição verão. Além disso, evite banhos demorados.

o Prefira o chuveiro eletrônico, que gera uma economia de até 35% de energia e 40% de água.
o Abrir a geladeira o menor número de vezes possível também é eficaz para a economia. Com a geladeira aberta por muito tempo, o ar quente do verão entra no eletrodoméstico e faz o motor funcionar mais para manter os alimentos resfriados.

o Lavar de uma só vez a quantidade máxima de roupas indicada pelo fabricante de sua máquina.

o Não utilize vários equipamentos elétricos ao mesmo tempo e evite o uso dos aparelhos mais potentes no horário de pico.

o Utilize lâmpadas fluorescentes e economize até 70% em relação às incandescentes.

o Aproveite a luz natural, abrindo janelas e cortinas durante o dia.

o Dê preferência às cores claras para paredes e tetos (elas refletem melhor a luminosidade).

o Prefira os equipamentos com o Selo Procel, que indica quais são os modelos que consomem menos energia.

o Passar, de uma só vez, a maior quantidade possível de roupas e utilizar a temperatura indicada no ferro para cada tipo de tecido, deixando as roupas mais leves para o final.

o Os ventiladores de pé são mais econômicos que os de teto, podendo reduzir em até 13,2 kWh o consumo de energia ao mês.

o Limpe os filtros do ar condicionado periodicamente, pois sujos, eles impedem a circulação livre de ar, aumentando o consumo de energia. Onde houver aparelhos de ar condicionado em uso, deixe a porta fechada.

o Evite deixar a TV e o computador ligados sem necessidade. Sempre que possível, programe o desligamento automático. A função stand-by também consome energia.

o Nunca deixe seu aparelho celular, câmera digital e outros "dormir" carregando, ou seja, dê a carga e retire-os da tomada. Só carregue o tempo necessário especificado no manual.

Com informações da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Um grave acidente automobilístico aconteceu no início da noite do último dia 6 de maio, quarta-feira, na estrada RJ-148, que liga os municípios de Carmo e Sumidouro, ambos no Estado do Rio de Janeiro.
O jovem empresário do ramo de confecções, Thiago Kropf, voltava para a sua cidade (Carmo), dirigindo o seu carro, quando colidiu violentamente com um caminhão que trafegava em sentido Sumidouro. O rapaz morreu em consequência da batida.

Thiago, de 30 anos, era filho de Edgar Kropf e Ângela Wermelinger Kropf— proprietários da fima AT Laços, que confecciona moda íntima feminina, no Carmo. Ele era casado com Adriana Nascimento e deixou um filho, ainda bebê.
O motorista do caminhão sofreu apenas ferimentos leves e foi atendido em um hospital de Sumidouro.

 

 

 


O Grupo RenovAlém—formado por jovens alemparaibanos “que buscam uma cidade próspera, desenvolvida e justa”— realizou, durante o mês de abril, uma campanha para arrecadação de fraldas geriátricas para o Asilo Ana Carneiro. 

O asilo, atualmente, abriga 86 idosos das mais variadas classes sociais e a subsistência do local depende da mensalidade que alguns pagam e de doações. Os custos operacionais e de manutenção são altos, e por isso a receita é menor do que a despesa.
A meta do Grupo RenovAlém era arrecadar pelo menos 100 pacotes de fraldas. Ao final da campanha, o grupo conseguiu arrrecadar 160 pacotes, fazendo a arrecadação entre amigos e também através das redes sociais. Ao todo são cerca de 1.300 fraldas geriátricas, que foram entregues aos idosos do Asilo Ana Carneiro na manhã de sexta-feira, primeiro dia de maio de 2015.
A trágica morte do presidente do Asilo, Ivo Jorge Regazi, vítima de um acidente na tarde do último dia 28 de abril, quase fez com que os integrantes do RenovAlém adiassem a data de entrega, previamente agendada. Entretanto, a própria diretoria achou por bem manter a data e a entrega aconteceu na manhã deste dia primeiro de maio, com a presenção da Dra. Maria Helena Barbosa, Rogério e Paula—  integrantes da direção do Asilo Ana Carneiro Lar de idosos.

Aconteceu no decorrer desta quinta-feira, 30 abril, na Praça Elias Sahione, centro de Além Paraíba, mais uma edição da “Além Vest Liquida”.

As lojas do Além Vest Moda Na Dinda Tem, Cris Modas, Além dos Pés, Quatro Estações, Karetas, D'line, Casa das Meias, Vila Basic, Versátil, Loa, H Store e Conexão Íntima levaram, mais uma vez para os consumidores alemparaibanos e da região, os melhores preços na melhores peças.
A feira de moda, que aconteceu das 9 da manhã às 18 horas— com saldo positivo para os participantes— teve o apoio da ACE AP, Associação Comercial e Empresarial de Além Paraíba. Devido ao grande sucesso, e atendendo a pedidos dos consumidores, a feira "Liquidalém" terá prosseguimento na Praça Elias Sahione, centro de Além Paraíba, no sábado, dia 2 de maio. O horário de funcionamento será de 9 da manhã às 14 horas, conforme informou a Assessoria de Comunicação da ACE AP.

 

Preços convidativos atraíram a clientela.

A Associação Comercial e Empresarial de Além Paraíba e o SESI realizarão, hoje, dia 29 de abril, o tradicional jantar para o trabalhador. O evento será nas dependências do Sindicato Rural, às 20:00 hs. Na ocasião, as empresas associadas da ACE vão homenagear seu funcionário padrão.
Já a Prefeitura Municipal de Além Paraíba promove a sua tradicional Festa do Dia do Trabalhador nesta quinta-feira, dia 30 de abril. O evento acontecerá nas dependências do CEC— Centro de Educação e Cidadania.

Foi realizada, na manhã de sexta-feira, 24 de abril, na sede da Associação Comercial e Empresarial de Além Paraíba, a palestra “Estratégias de competitividade da indústria do setor de panificação”, com o empresário Márcio Rodrigues. Diversos empresários da área compareceram e compartilharam do café da manhã, preparado pelo núcleo do projeto Empreender “As Marias de Torrentes”. 

Márcio é empresário no ramo de panificação em Belo Horizonte e São Paulo. Pós- graduado em gestão empresarial e presidente do instituto Tecnológico de Panificação e Confeitaria. Ele destacou as mudanças que ocorreram no mercado no ano de 2014 e comentou como enfrentar essas mudanças com criatividade e inteligência. Segundo ele, o ramo de panificação, tanto quanto os demais setores do país, já passou por diversas crises e conseguiu se adequar e evoluir. Seus 25 anos de experiência foram ainda demonstrados na conversa pós-palestra, onde os presentes puderam tirar suas dúvidas e trocar idéias.
O Presidente da ACE, Rogério Lobo, e o Consultor do Sebrae, Marco Antônio de Mendonça, abriram a fala de Márcio parabenizando a disponibilidade dos presentes e destacando o sucesso do Empreender na cidade de Além Paraíba. (Amanda Silveira- Comunicação ACE-AP)

Tendo em vista a festa do trabalhador do SESI, que será realizada na noite do dia 29 de abril, no centro de convenções do Sindicato Rural de Além Paraíba, a Associação Comercial e Empresarial informa que a data da palestra de orientação do PROCOM, que será ministrada pela responsável pelo órgão na cidade, Mariuda de Marca, foi antecipada para terça-feira, dia 28 de abril. O horário permanece às 20 horas e o local é a sede da ACE AP. A finalidade é realizar uma palestra de orientação a respeito dos tópicos mais importantes do código de defesa do consumidor, como os cuidados no armazenamento de alimentos, exposição de preços, entre outros. A Palestra é voltada para todos os estabelecimentos do ramo de alimentos e é importante a presença dos empresários da área, a fim de que sejam orientados e preparados para as fiscalizações de rotina. (Amanda Silveira- Assessoria de Comunicação ACE-AP)