Policiais

Policiais (187)

O alemparaibano André Rodrigues (jacaré), de 24 anos, foi morto na noite de ontem, segunda-feira, 05 de agosto com um tiro na cabeça. O crime aconteceu no bairro “Morada do Sol” na cidade de Três Rios/RJ.
A notícia foi publicada na página do "Cobrador TR" , no Facebook. Segundo a nota divulgada, o jovem morava a pouco tempo em Três Rios, era casado e sua esposa estava esperando um filho. Em Além Paraíba, o Jovem tem seus familiares no bairro Campo Alegre e trabalhou como mecânico de automóvel em uma oficina em Jamapará, Distrito da cidade de Sapucaia. A motivação do crime e os detalhes do funeral ainda não foram divulgados.
(Da redação, com informações do Blog Adenilson Mendes e facebook Cobrador TR)

 

 

49650828_537424063441998_535226201518637056_n.jpg

Na manhã desta segunda-feira, 29 de julho, moradores do Bairro da Saude, acionaram a Policia Militar após avisarem algo estranho dentro do Rio Paraiba do Sul. Bombeiros chegaram à pouco ao local e constataram ser o corpo de um homem. Ainda não se sabe o motivo. Mais informações a qualquer momento aqui no site do JORNAL AGORA.

 

e95e7310-eb94-49c5-8a6a-f7a994d1e99b.jpg

Na manhã de sábado, 20 de agosto, a Guarnição munida da informação que no local é realizado tráfico de drogas, no bairro Jardim Paraíso e Santa Marta II, realizando monitoramento de outras datas juntamente com informações que foram passados para a Policia Militar. No sábado durante observação foi constatado um indivíduo adentrando no matagal. Guarnição foi no encalço, porém o indivíduo evadiu tomando rumo ignorado. Em buscas por aproximadamente 1 hora pelo local, utilizando bastões de madeira entre a mata, encontramos um invólucro contendo pinos vazios. Foi feita uma busca em uma área de aproximadamente 500 metros à frente e durante as buscas foram encontradas dois pinos pretos caídos ao chão, uma mochila e um isqueiro mais a frente próximos a dois pés de maconha. Seguimos em rastreio e entre um bananal no meio da mata logramos êxito em encontrar enterradas três sacolas contendo os materiais descritos abaixo:

Cocaína:

1985 pinos de R$ 5,00
707 pinos de R$ 15,00
374 pinos de R$ 30,00

Total : 3068 pinos


Maconha:
857 buchas de R$ 5,00
126 barrinhas de R$25,00
65 kits (barrinha + seda) R$ 50,00
25 barrinhas de hidropônica R$25,00

Total: 1073

Rádio comunicador.
2 pés de maconha em vasos.
Esqueiro, material para dolagem, 1 pote de pó Royal e 265 pinos vazios de tamanhos variados.

 

A mega operação foi composta pelo Sargento Rafael, Cabo Leonardo, Soldado Elpes e na SOF - Sala de Operação e Fração, a Sargento Nathália. 

(Matéria atualizada)

 

 

c097bc93-09bf-41f3-8e64-ab0366369470.jpgb7402a2f5c2a416fb4eb0ff4a84110b8.jpg43d89463b52d4e1a8becf6f1161c747e.jpg e 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Prefeitura Municipal de Além Paraíba vai lançar nos próximos dias o programa “Além Mais Segura”. O objetivo será promover a segurança através do monitoramento das entradas e saídas de Além Paraíba, além das vias com grande fluxo de veículos e pontos estratégicos. No total serão instaladas 18 câmeras FULL HD. O funcionamento será integrado entre a Guarda Municipal, Polícia Civil e Polícia Militar. A instalação dos pontos de monitoramento será iniciada na próxima semana: até o final deste mês a primeira parte do projeto será finalizada com a instalação dos pontos de monitoramento nos 16 locais definidos a partir de estatísticas criminais. O investimento inicial previsto para a Prefeitura é de somente 16 pontos de internet. As câmeras, manutenções e toda infraestrutura necessária para tal funcionamento serão doadas pela a empresa SUMICITY – Provedor de internet. (Carlos Roberto “Banjo” – rádio 102,7)           

O  Corpo de Bombeiros Militar de Além Paraíba em apoio aos Bombeiros do Carmo atendeu, hoje 13 de julho, por volta das 04:00 horas da manhã, uma ocorrência o envolvendo um ônibus de transporte de passageiros da empresa Rio Doce, na altura do Km 01 da BR 115, próximo ao restaurante COTRIL. O ônibus colidiu em uma árvore e ficou com risco de capotamento na ribanceira de 8 metros. Foi feita a retirada de 6 vítimas consciente, mas o motorista continua preso nas ferragens, mas está consciente.

 

 

A Unimed patrocinou a reforma de uma viatura da 52ª Companhia da Polícia Militar de Além Paraíba. A reforma foi feita em toda parte mecânica de suspensão do carro.
A doação tem o objetivo de incentivar e apoiar a segurança na cidade e busca ajudar na qualidade dos serviços da PM.
O comandante da Polícia Militar de Além Paraíba, Cap. Amarildo de Sá, que aparece na foto com outros membros da Polícia, agradeceu e realçou a importância do apoio da Unimed: “Iniciativas como esta da Unimed são muito importantes para a cidade, pois ajudam no desempenho do nosso trabalho de manter a segurança e a tranqüilidade dos cidadãos.” (Ascom / UNIMED)

Candidato pinta o rosto para entrar em concurso do INSS por cota racial
Branco dos olhos claros, homem passou como cotista negro após pintar o rosto e usar lentes pretas para mascarar a cor dos olhos

Lucas pintou a pele e utilizou lentes escuras (Foto: Reprodução)

Lucas Soares Fontes, passou em um concurso do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), na Agência de Além Paraíba (MG) e ocuparia o cargo de Técnico do Seguro Social. Porém, após uma denúncia anônima, foi eliminado da seleção. Lucas é branco e de olhos claros e passou como cotista negro após pintar o rosto e usar lentes pretas para mascarar a cor dos olhos.

Conta na denúncia que após ser notificado pelo órgão e solicitado que enviasse novas fotos, “o candidato enviou um e-mail para a Divisão de Desenvolvimento de Carreiras do INSS, informando que na certidão de nascimento dele constava a cor parda”.

Além disso, Lucas afirmou ter documentos comprovando sua participação em outros processos seletivos por meio de cotas, em que teria sido “aprovado e homologado”. Entre as instituições estariam a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e o Conselho Regional de Psicologia.

O candidato alegou que as imagens da denúncia foram “clareadas de forma a alterar o seu tom de pele” e os “eventuais olhos azuis” são lentes que utiliza “eventualmente para fins estéticos”.
Novas fotos

O Cebraspe, banca avaliadora do concurso, pediu ao INSS que o candidato enviasse novas fotos para comparação. As novas fotos enviadas por Fontes, entretanto, também não eram reais. O Cebraspe solicitou que o candidato fosse ao INSS para tirar outras fotos. Contudo, Lucas alegou que não poderia ir “por estar afastado”.

Foi solicitada a foto da identidade ou da carteira de motorista para comparação. A investigação acerca do caso teve início em 11 de outubro de 2018 e foi concluída somente no último 21 de maio deste ano. A dispensa dele foi publicada no Diário Oficial da União do último 30 de maio.

(GOIÂNIA NOTÍCIAS)

 

 

 

 

 

André Luís de Oliveira, 40 anos, que atendia pelo apelido de “Peri”, conhecido morador do Morro da Conceição, em Além Paraíba, faleceu às 5h25min do último domingo, dia 12 de maio, depois de ter permanecido internado em estado grave por 8 dias, no Hospital São Paulo, na cidade de Muriaé.

André “Peri” foi baleado por policiais militares, durante uma ação contra o tráfico de drogas no Morro da Conceição, na noite do dia 4 de maio. Segundo a PM, dois suspeitos foram abordados na Rua Álvaro Antunes. Um deles, André Luís de Oliveira, teria apontado uma arma para os policiais, que se defenderam atirando contra o suspeito. A bala acertou a cabeça de André “Peri”. O homem ferido foi levado pelo SAMU para o Hospital São Salvador, mas, devido à gravidade do caso, foi imediatamente transferido para o Hospital de Muriaé, onde morreu na manhã do último domingo.

O segundo envolvido no caso, E.A.S.J., conhecido pelo apelido de “Bila”, de 23 anos, chegou a ser detido pela PM, porém foi ouvido e liberado.

Familiares de André Luís de Oliveira têm manifestado revolta através das redes sociais, dizendo que a arma— uma pistola Taurus 9mm, de uso exclusivo do Exército— não pertencia ao rapaz. Também acusam a Polícia Militar de ter agido “com covardia”, pois o tiro teria sido “pelas costas”. Para comprovar a afirmação, foi postada a foto do boné usado por André ao ser atingido, com a marca de bala na parte posterior da cabeça. O boné ficou exposto durante o velório do rapaz. O corpo de André Luís de Oliveira foi velado no “Colinão”— sede da Escola de Samba União da Colina, no Morro da Conceição, bairro em que ele residia. O corpo foi sepultado na manhã desta segunda-feira, dia 13 de maio, no Cemitério Municipal de Além Paraíba.

André, que era filho do sambista e compositor Shell, do Império do Planeta II, era casado com Mirelli, com quem teve dois filhos. Também tinha outros filhos, frutos de relacionamentos anteriores. André já tinha uma passagem anterior pela Polícia, por ter participado de um furto a residência, há quase 20 anos passados. Ficou preso cumprindo pena e, em decorrência disso, não conseguia emprego fixo. Mas trabalhava “fazendo bico”, como ajudante de pedreiro, pintor e até mesmo descarregando caminhão.

A Câmara Municipal de Além Paraíba realizou, no Plenário Milton Júlio Carvalho Souza, às 19 horas do dia 25 de abril, a Sessão Solene para entrega das Medalhas da Honraria Policial Destaque do Ano, que foi instituída pelas Resoluções nº 015/2018 e 025/2018.
Conforme estabelecem as resoluções nº 015/2018 e 025/2018, a “Honraria Policial Destaque do Ano” deverá ser outorgada pela Câmara Municipal de Além Paraíba anualmente, na semana do dia de Tiradentes, a 03 (três) integrantes de cada instituição das Forças de Segurança Municipal, Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Presídio Regional, Polícia Rodoviária Federal, Guarda Municipal e Defesa Civil, que atuam no Município de Além Paraíba e que se destacaram em suas atividades durante o ano.
De acordo com o que determina as mencionadas resoluções, os nomes e a forma de escolha dos homenageados ficaram a critério dos Comandantes das Corporações e foram encaminhados à Câmara Municipal para análise e votação dos homenageados, em sessão ordinária, tendo todos sido aprovados por unanimidade.
Os homenageados deste ano foram os seguintes:
Polícia Rodoviária Federal – indicados pelo Inspetor Rodrigo Ladeira, da 7ª Delegacia de Polícia Rodoviária Federal de Leopoldina: Paulo Roberto Furtado de Souza, Roberta Guzella Cheuen Machado e Joel Magno do Carmo Guedes;
Presídio Regional de Além Paraíba – indicados pelo Diretor do Presídio, Ari Vieira Júnior: Almir Barbosa P. de O. Júnior, Francisco Fernandes Ramos e Victor Emanuel Lopes Sobral;
Polícia Militar de Além Paraíba – indicados pelo Capitão Amarildo de Sá Ferreira: 2º Tenente Carlos Roberto de Souza, Sub Tenente Eder Fontanella e 3º Sargento Aldair José de Penedo Monteiro;
Polícia Civil de Além Paraíba – indicados pelo Delegado, Dr. Marcos Vignolo Alves: Gustavo de Alencar Alves Ribeiro, Maelle Cristina Leandro Gomes e Thiago Carvalho Couri;
Guarda Municipal de Além Paraíba – indicados pelo Chefe de Gabinete da Prefeitura Municipal, Plínio José Mendes Moreira Filho: Marcos Antônio de Oliveira, Luanna de Souza Oliveira e Rafael Demarque Martins;
Defesa Civil de Além Paraíba, indicados pelo Chefe de Gabinete da Prefeitura Municipal, Plínio José Mendes Moreira Filho: Paulo Henrique Ferreira Nunes Filho, Walter José Lobo Rezende e João Batista da Silva.
A sessão contou com a presença dos Vereadores Gerson Barreto, Afrânio de Deus da Silva, Dione Castro de Miranda, Leidimar Antônio Pereira Diogo, Guaraciaba Germello de Marca, Vicente de Paula Gomes e Wolney Freitas, além da Promotora de Justiça, Dra. Adriana Carvalho; do Diretor Geral do Presídio Regional, Sr. Ari Vieira Júnior; do Chefe de Gabinete da Prefeitura Municipal, Sr. Plínio Moreira; da Presidente da Associação Comercial de Além Paraíba, Sra. Rosa Helena Melo Dutra, bem como dos demais cidadãos e familiares dos homenageados. (Ascom Câmara)

Vereadores-Afrânio-de-Deus-da-SIlva-Leidimar-Diogo-e-Gerosn-Barreto-outorgado-as-medalhas-aos-inegrantes-da-Guarda-Municipal-de-ALém-Paraíba.jpg
Vereadores Afrânio de Deus da Silva, Leidimar Diogo e Gerson Barreto outorgado as medalhas aos integrantes da Guarda Municipal de Além Paraíba.

Vereadores-Gerson-Barreto-Afrânio-de-Deus-e-Dione-Miranda-outorgando-as-medalhas-aos-integrantes-do-Corpo-de-Bombeiros-Militar-de-Além-Paraíba.jpg
Vereadores Gerson Barreto, Afrânio de Deus  e Dione Miranda outorgando as medalhas aos integrantes do Corpo de Bombeiros Militar de Além Paraíba.

Vereadores-Vicente-de-paula-GOmes-Guaraciaba-Germello-e-Gerson-Barreto-outorgando-as-medalhas-aos-integrantes-da-Defesa-Civil-de-Além-Paraíba.jpgVereadores Vicente de Paula Gomes, Guaraciaba Germello e Gerson Barreto outorgando as medalhas aos integrantes da Defesa Civil de Além Paraíba.

 

Vereadores-Wolney-Freitas-Afrânio-de-Deus-e-Gerson-Barreto-outogrando-as-medalhas-aos-inegrantes-da-7ª-Delegacia-da-Polícia-Rodoviária-Federal.jpgVereadores Wolney Freitas, Afrânio de Deus e Gerson Barreto outorgando as medalhas aos integrantes da 7ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal.

Vereadores-Vicente-de-Paula-Leidimar-Diogo-e-Gerson-Barreto-outorgando-as-medalhas-aos-integrantes-da-28ª-Delegacia-de-Polícia-Civil-de-Além-Paraíba.jpgVereadores Vicente de Paula, Leidimar Diogo e Gerson Barreto outorgando as medalhas aos integrantes da 28ªDelegacia de Polícia Civil de Além Paraíba.

 

Vereadores-Wolney-Freitas-Guaraciaba-Germello-e-Gerson-Barreto-outorgando-as-medalhas-aos-integrantes-da-52ª-Cia.-de-Polícia-Militar-de-Além-Paraíba.jpg
Vereadores Wolney Freitas, Guaraciaba Germello e Gerson Barreto outorgando as medalhas aos integrantes da 52ª Cia. de Polícia Militar de Além-Paraíba.

Vereadors-Dione-Miranda-Leidimar-Diogo-e-Gerosn-Barreto-outorgando-as-medalhas-aos-inegrantes-do-Presídio-Regional-de-Além-Paraíba.jpgVereadors Dione Miranda, Leidimar Diogo e Gerosn Barreto outorgando as medalhas aos integrantes do Presídio Regional de Além Paraíba.

andré.jpg
Joice Mara, irmã do rapaz atingido pelo tiro, tem feito intensa campanha de defesa do irmão nas redes sociais, postando fotos que comprovam que ele era um rapaz trabalhador
.

boné.jpgJoice também diz que o tiro da PM teria sido “um ato de covardia”, já que acertou André “pelas costas”. Para provar sua versão, ela postou foto do boné que o irmão usava na ocasião, com a marca da bala na parte posterior.

Ao final da noite do último sábado, por volta das 23 horas, policiais militares fizeram uma ação na Rua Álvaro Antunes, parte alta do Morro da Conceição, baseados em uma denúncia anônima de que estaria ocorrendo tráfico de drogas naquele local. Ao se aproximarem com a viatura, os PMs se depararam com dois homens em atitude suspeita. Fazendo a abordagem dos indivíduos, os policiais foram surpreendidos com a atitude de um dos homens, que teria sacado de uma arma de fogo, apontando-a contra a polícia— conforme relata BO (Boletim de Ocorrência) da 52ª CIA PM / de Além Paraíba. Respondendo à agressão, um dos policiais integrantes da equipe que fazia a ação no Morro da Conceição, defendeu-se desferindo um tiro, que acertou um dos suspeitos abordados. O ferido, identificado como sendo André, conhecido morador do Morro da Conceição,e que atende pelo apelido de “Peri”, foi socorrido pela equipe do SAMU e imediatamente levado para o Hospital São Salvador. Devido à gravidade do ferimento, o homem, de 40 anos— atingido por um único tiro certeiro, na cabeça— teve que ser transferido para o Hospital São Paulo, localizado na cidade de Muriaé/MG.

O outro suspeito, E.A.S.J., conhecido pelo apelido de “Bila”, de 23 anos, recebeu ordem de parada, entretanto não teria acatado a instrução da autoridade policial, tentando se evadir. “Bila” foi contido pelos PMs, que precisaram usar de força física. Em seguida, o jovem recebeu voz de prisão em flagrante, por desobediência. Com ele foi encontrado e apreendido um rádio comunicador.
Duas coisas chamam atenção neste episódio violento ocorrido no final da noite do último sábado no Morro da Conceição. Uma delas é que, segundo a PM, a arma de fogo utilizada por “Peri”— uma pistola Taurus, calibre 9mm— seria de uso das forças armadas. Segundo populares que presenciaram ocorrido, “Bila” é quem teria passado a arma para “Peri”. “Bila” chegou a ser preso, foi conduzido e ouvido na delegacia de Leopoldina, porém foi liberado.
A outra situação de destaque no caso é que haveria uma segunda versão para o ocorrido entre a PM e os dois rapazes. A irmã do ferido, Joice Mara, tem feito postagens abertas em sua página na rede social Facebook, atestando que o irmão teria sido vítima de um “ato de covardia policial”, tendo sido ferido pelas costas. Para comprovar sua versão, Joice Mara postou foto do boné usado por “Peri” na ocasião em que foi atingido na cabeça. O boné apresenta o furo da bala na parte posterior. Veja, na íntegra (inclusive com a mesma ortografia), a postagem de Joice: “Ta aí a foto que prova que meu irmão foi atingindo pela costa covardia com inocente povo compartilha Meu irmão não é bandido e trabalhador luta todos os dia pra trazer o sustento pra casa e guerreiro lutador.....Meu irmão Não é Bandido não tem arma povo compartilha por favor pra chega nas autoridades policial corvade atirou no inocente ???????????? Meu irmão nao e Bandido não tem parte com tráfico muito menos tem arma .... Morro Da Conceição e todo sabe disso ????????????”
Outras postagens da irmã do ferido— que continua internado em estado grave em Muriaé— estão sendo feitas na rede social, com dezenas de compartilhamentos e comentários, muito deles opinando sobre a inocência de André “Peri”.
A direção do Jornal AGORA entrou em contato com a irmã de “André Peri”, Joice Mara, e ela autorizou a publicação da foto do rapaz, depois de ter o aval da esposa dele, Michelli. Joice voltou a defender o irmão, disse que ele “nunca teve arma, não é traficante, e é trabalhador” e que, embora ele estivesse desempregado nos últimos tempos, jamais se furtava em aceitar trabalhos temporários para conseguir “levar comida pra casa no final do dia”. Citou exemplos de locais onde André já prestou serviços. Nas redes sociais, ela postou fotos em que o rapaz aparece carregando areia e sacos de ração. Disse que, mais recentemente, ele prestava serviço numa obra de uma mercearia conhecida no Morro da Conceição. Joice também destaca que seu irmão é uma pessoa muito conhecida e querida, no bairro e na comunidade em geral. “Se vocês perguntarem para as pessoas que o conhecem, tenho certeza de que 97 por cento irão defendê-lo”. Joice lembra ainda que sua família está passando por grande sofrimento, já que nesta primeira semana de maio está fazendo um mês do falecimento de sua mãe.
André “Peri” continua internado em estado grave no Hospital São Paulo, em Muriaé, segundo Joice Mara, “entre a vida e a morte”, em um quarto comum, sem direito a UTI, sob escolta policial e incomunicável: “a família não pode ter contato com ele, como se ele fosse um bandido perigoso”

Pagina 1 de 14