Cultura e Lazer

Cultura e Lazer (321)

A Ace Coro Emap - Associação Artística e Cultural, realizou na noite de sábado, dia 13, na Igreja Nossa Senhora do Rosário, em Volta Grande, o XX Concerto Estudantil de Música, que teve como tema deste ano, as Músicas dos anos 60 & 70.
O Concerto contou com as apresentações de canto, piano, teclado, coro e orquestra, promovendo assim, um intercâmbio musical através da troca de experiências entre os participantes, levando a emoção a todos os presentes.
A Associação Artística e Cultural Coro Emap, que no dia 24 de abril deste ano completou 10 anos de atividades e de luta pela cultura e desenvolvimento de nossa cidade, voltará aos palcos em setembro nos dias 13,14 e 15, quando acontecerá o XVIII Encontro de Corais de Além Paraíba e Região. ( Texto: Sônia Carvalho/ Fotos: Fotógrafa Lud Costa e gentilmente cedidas pela Ace Coro Emap )

 

CORO.jpgCORO 6.jpgCORO 5.jpgCORO 4.jpgCORO 3.jpgCORO 2.jpg

A Academia de Dança Studio A apresentou nos dias 05 e 06 de julho, no Cine Teatro Brasil , seu mais novo espetáculo, desta vez, contando um pouco sobre a cidade de Além Paraíba , sua história e sua gente.
Dirigido pela irmãs Vanêssa Faria e Ana Marina Faria , o Stúdio A, fez uma belíssima homenagem à cidade, retratando através da dança, pontos como o Hospital São Salvador, o Colégio dos Anjos, o Rio Paraíba do Sul , a Locomotiva 51, entre outros.
Nem mesmo uma ameaça de chuva e o intenso frio tirou o brilho do evento, ficando o Cine Teatro Brasil com sua lotação máxima nos dois dias de espetáculo, levando o público a se emocionar com mais este belíssimo espetáculo.
Também estiveram participando do evento, junto com o Studio A, a Oficina de Dança Além, Leila Coutinho e seus bailarinos e bailarinas do Cras do Goiabal e Vitor Muniz . ( Texto e Fotos: Sônia Carvalho )

 

STUDIO A 2.jpgSTUDIO A 6.jpgSTUDIO A 5.jpgSTUDIO A 4.jpgSTUDIO A 3.jpgSTUDIO A 1.jpg

Durante todos os dias da FEXPO 2019 a diversão será garantida com a presença do Parque FILADÉLFIA. Por muitos anos o Parque FILADÉLFIA não esteve na Festa da Cidade, e, no ano passado (2018) retornou a Além Paraíba trazendo o ‘gostinho’ da lembrança dos velhos tempos. O parque FILADÉLFIA sempre foi o preferido da comunidade de Além Paraíba e região, com ampla tradição em levar diversão e alegria a todos há 63 anos. A reportagem do Jornal AGORA, em contato com os responsáveis pelo parque, descobriu quais são alguns dos brinquedos que virão para Além Paraíba na próxima semana: a Mini Montanha Russa, Jatão, Barca, Surf Radical, Crazy Dance, Enterprise e o grande sucesso na FEXPO desse ano: o ”KAMIKAZE”. Aguardem que haverá muita diversão para todas as idades. Os brinquedos terão preço especial, acessível a todos..

f6560957-a14a-4508-8132-7c09af07a453.jpge770e173-80e0-4670-aee9-cadd09edc8b6.jpgc315f257-3002-4c3b-9759-34a03f2fc197.jpgbf399e4a-1dc0-46f6-af7e-12aee55e4127.jpg756226eb-7f8b-4d5e-9e91-5c529de8bcdd.jpg28109a24-06c6-4933-adb1-63af5f2b44ee.jpg87c26e28-1445-481b-8f8c-e1d16a3af634.jpg4dd3c6d5-0225-47b0-815f-66cbbdf2201e.jpg

No final do mês de junho, foi eleita a nova diretoria da Escola de Samba Unidos Três Corações para o biênio 2019/2021. Apenas uma chapa estava inscrita. A nova diretoria ficou composta como presidente: Aldeniro Silva Rosa “Niro”; Vice presidente: Maria Helena Costa Abreu; 1° secretaria: Marinalva Silva Rosa “Biuda”; 2° secretaria: Sônia Oliveira Rosa; 1° Tesoureira: Muchele Serapião e 2° Tesoureira: Vanessa Oliveira. Já o Conselho Deliberativo teve mudanças com saída de algumas pessoas e reposto por outras. A nova diretoria já começou a traçar novas metas para o carnaval 2020. No próximo dia 13 de julho vai acontecer no Calçadão do Porto Velho o “Arraiá do Cutuca”.

 

f9bf6962-df97-4e45-9a5a-156e4cbd15e9.jpg

O IV Festival Gastronômico e Cultural de Além Paraíba, realizado pelo Hospedar Gastronômico, núcleo de bares, hotéis e restaurantes do programa Empreender, e apoiado pela ACEAP - Associação Comercial e Empresarial de Além Paraíba, foi realizado nos dias 5, 6 e 7 de julho.
De volta ao SESI e com um público mais modesto, o Festival enfrentou noites frias com boa música e não decepcionou na culinária.
A banda Viola da Terra abriu o festival com suas modas de viola, na sexta, dia 05. Dia 6, sábado, a dupla Juliano e Thiago aqueceu o público para a banda Rock da Kombi, com suas melodias clássicas de rock and roll. No domingo, dia 07, o almoço foi ao som de Vinicius Abreu, com direito a Brasil campeão da Copa América.
Mais uma vez, o Festival apostou na união para o desenvolvimento via cultura e não fez feio. Um ambiente familiar e agradável, com artistas locais e regionais, que agradaram aos presentes.
Os Restaurantes Cotril e Covil (Cervejaria Porto Novo) e o Hotel Renavi cuidaram da organização do Festival, com o apoio da ACEAP.

(Amanda Silveira- Ascom/ACEAP)

 

 

IMG-20190708-WA0021.jpgIMG-20190708-WA0020.jpgIMG-20190708-WA0019.jpgIMG-20190708-WA0011.jpgIMG-20190705-WA0110.jpg

Departamento de Cultura da Prefeitura Municipal de Além Paraíba, juntamente com a produção da Bang Filmes e do Projeto Piabanha, realizou no dia 13 de junho a exibição do documentário "Caminho do Mar".
O filme, foi produzido por Juliana de Carvalho ( Bang Filmes) e dirigido por Bebeto Abrantes, percorre desde a nascente do Rio Paraíba do Sul, no município de Areias (SP), até a sua foz, na praia de Atafona, em São João da Barra (RJ), totalizando cerca de 1.150km e fala sobre a realidade atual do Rio, trazendo um olhar de entendimento e reflexão sobre os riscos em que vivem suas águas, sua fauna e os seres humanos que vivem às suas margens.
O Rio Paraíba do Sul é um importante rio que abastece de água e energia uma população de mais de 12 milhões de habitantes na cidade do Rio de Janeiro e vem sofrendo, constantemente, com a ação do homem seja no desmatamento de suas margens ou sofrendo com dejetos de milhares de esgoto que vêm sendo jogado no seu leito, ainda "in natura ".
Segundo destacou Guilherme de Souza, coordenador do Projeto Piabanha, é preciso que os órgãos governamentais e a população tenham um olhar de carinho para com o Rio Paraíba do Sul. É preciso que a população cobre ações que visem a melhorias de suas águas, mas é também super importante , que a população faça a sua parte, não descartando o lixo doméstico às margens do Rio. Guilherme destacou ainda que, segundo dados da ANA ( Agência Nacional das Águas), apenas 21% dos esgotos que são lançados no Paraíba do Sul são devidamente tratados, ficando um índice bem abaixo da média que é de 30,5%. O documentário também mostra uma imensa montanha de resíduos da produção de aço da CSN ( Companhia Siderúrgica Nacional) em Volta Redonda (RJ) e que fica às margens do Rio causando um verdadeiros pânico aos ambientalistas, pois devido à proximidade do Rio, milhares de partículas são lançadas em suas águas seja pela a ação do vento ou por precipitações das chuvas, poluindo o rio ainda mais. Já em Atafona, é o avanço do Mar que vem causando um grande estrago no Rio e mudando completamente as suas características. Lá o mar avançou tanto que já engoliu cerca de 200 moradias, prejudicando a população ribeirinha. Cerca de 140 pessoas compareceram ao Cine Teatro Brasil sendo a sua maioria estudantes da FEAP - Fundação Educacional de Além Paraíba.
Mas o que era para ser um grande debate acabou não acontecendo pois muitos deixaram o recinto muito antes do término do documentário. Talvez pelo fato do documentário não ter mostrado parte da nossa região.
Caminho do Mar também será lançado nas demais cidades do Estado do Rio de Janeiro, cidades estas que também fazem parte da Bacia do Rio Paraíba do Sul.

 

64932224_2226110800800772_2937924266605150208_n.jpg64923638_2226110530800799_6806479457042300928_n.jpg64754188_2226110870800765_1707579190439575552_n.jpg64724637_2226110394134146_3062111240219262976_n.jpg65309159_2226110447467474_3957976044467650560_n.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Coral Ace Coro Emap & Coral Volgran, regidos pela maestrina Tânia Gorni, participaram no último sábado, dia 08, do Festival Nacional de Corais, em São João Del-Rei. O 10º Canta Del-Rei , que neste ano homenageou a cantora e compositora Dolores Duran, foi realizado nos dias 07,08 e 09 de junho e contou com a participação de 35 Corais e cerca de 900 coralistas, representando as diversas cidades dos Estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo e Brasília.
As apresentações, inteiramente gratuitas, aconteceram nas Igrejas históricas da cidade como a Igreja de São Gonçalo Garcia, Igreja São Francisco de Assis e Igreja Nossa Senhora das Mercês, além do Theatro Municipal de São João Del-Rei. Segundo os organizadores , o objetivo do Festival foi promover o intercâmbio musical entre os corais com troca de experiências e performance musical, além de fortalecer o turismo e o comércio local – destacou o Maetro Paulo Miranda.
O Coral Coro Emap & Coral Volgran se apresentaram no dia 08, no Theatro Municipal, levando mais uma vez o nome de Além Paraíba e de Volta Grande aos grandes encontros de Corais.
(Texto: Sônia Carvalho / Fotos: gentilmente cedidas por Tânia Gorni, Katia Maria Demarco Curty e Plínio Alvin)

 

62450554_2207052502706602_5629015873650950144_n.jpg62309457_2207047889373730_3706871902493474816_n.jpg

Sexta, 31 Maio 2019 00:00

LIONS CLUBE PROMOVE 2ª CAVALGADA

Escrito por

O Lions Clube de Além Paraíba vai realizar domingo, dia 02 de junho,  a partir das 15:00h, a sua 2ª Cavalgada com concentração na Ilha do Lazaretto, no Espaço Comunitário Dr. José Braz de Azevedo. Após a cavalgada haverá show com a Banda Batidão Sertanejo e os ingressos para homens já podem ser adquiridos no valor de R $ 10,00.  Mulheres não pagam. Toda a renda será revertida para a construção do novo Espaço de Lazer do Idoso Engrácia Fernandes

Será aberta amanhã, dia 30, a 52ª Exposição Agropecuária de Volta Grande, que terá entrada franca todos os dias e será realizada pela Empresa Fazolato Eventos.  A Exposição terá entre outras atrações Leilão de Elite, Eleição da Miss Volta grande, Encontro de carros Antigos, Parque de Diversões e Shows, entre eles o cantor Naldo Banny, Swing Simpatia e Banda Onze e 20. O encerramento da Festa será no dia 02 de junho e a realização é da Prefeitura Municipal de Volta Grande. (Carlos Roberto “Banjo” – rádio 102,7)

 

PROGRAMAÇÃO:

- QUINTA FEIRA (30 DE MAIO):
DIEGO LACER
NALDO BENNY

- SEXTA FEIRA (31 DE MAIO):
ELEIÇÃO MISS VOLTA GRANDE
FELIPE DELUKA
SWING SIMPATIA


- SABADO (01 DE JUNHO):
LYNEQUER VIEIRA
ONZE E 20

- DOMINGO (02 DE JUNHO):
ENCONTRO DE CARROS ANTIGOS
SHOW INFANTIL TURMA DO BATATINHA
ERICK CORREA
GLAUCO ZULU

• ENTRADA FRANCA TODOS OS DIAS

• PARQUE DE DIVERSÕES FILADELFIA

A ACEAP – Associação Comercial e Empresarial de Além Paraíba – e o Hospedar Gastronômico, núcleo de bares, restaurantes e hotéis do programa Empreender, desenvolvido na instituição, realizarão, nos dias 05, 06 e 07 de julho, o IV Festival Gastronômico e Cultural.
Pensando em garantir a participação de todos no evento, que visa ao fortalecimento do turismo e desenvolvimento local, os envolvidos decidiram retornar a um formato menor e mais aconchegante, no SESI, optando por decoração rústica e artesanal e por atrações locais e regionais. Voltando às raízes, o IV Festival deve ficar bem parecido com a I Edição, realizada em 2016.
Na sexta feira, dia 05, atração principal será a banda Viola da Terra, sempre super solicitada para o festival; no sábado, dia 06, de volta o Rock da Kombi, que fez sucesso, na última edição do evento; o som do domingo ficará por conta do sertanejo pop de Vinícius Abreu. Os ingressos serão vendidos por R$ 10,00, exceto para o domingo, único dia em que o evento começa às 11 da manhã, em que não haverá cobrança de ingressos.
A primeira edição agradou ao público e gerou um bom retorno para os participantes e para a própria ACEAP, com estrutura simples e atrações locais e regionais. Já em 2017, o grupo e a instituição optaram por um formato maior, no Parque de Exposições e com as atrações nacionais Renato Teixeira e Kiko Zambianch. O II Festival gerou bastante desenvolvimento econômico na cidade, inclusive com o aumento do movimento no comércio e hotéis, mas a instituição, mesmo com o aporte financeiro do Governo Municipal, dos patrocínios oficiais e de telão e da venda de ingressos, teve um prejuízo de R$75.325,80. A gerente executivada ACE AP, Alina Gomes, afirmou, na época, que o então presidente João Ermelindo e a diretoria da instituição não qualificavam esse valor como prejuízo e sim como investimento. Já em 2017, o III Festival trouxe Almir Sater e se manteve no Parque de Exposições, repetindo a mega estrutura da segunda edição. Em todas as edições houve contratações em empresas locais, contratações temporárias de pessoas e de serviços locais, gerando fomento financeiro no município.
Pensando em agregar mais valor ao evento e trazer um público interessado em boa culinária e boa música, com a cobrança de uma taxa simbólica de entrada, a instituição e os empresários do núcleo acharam melhor retornar ao formato inicial e apostar em uma estrutura mais leve e simples, no SESI, e por atrações locais e regionais já aprovadas pelo público. De acordo com a presidente da ACEAP, Rosa Helena Melo Dutra, não pode deixar o evento morrer, pela sua importância na geração de turismo e movimento financeiro na cidade, através da gastronomia e da cultura. (Amanda Silveira- ACEAP)

Cartaz Modelo 2019 Prévia.jpg