Política

Política (208)

O Provedor do Hospital São Salvador, Dr. Rafael Gracioli se reuniu hoje com o Prefeito de Sapucaia/RJ Fabrício Baião para tratar da repactuação entre o Município vizinho e o HSS (Hospital São Salvador) de modo que os pacientes possam voltar a ter atendimento. Participaram da reunião o Secretário de Finanças do Município de Sapucaia, Cleiton Tavares de Oliveira, a Secretária da Provedoria, senhora Jaqueline Freitas e o Diretor Secretário do Hospital, Dauro Machado. Como é do conhecimento público, o ex Prefeito de Sapucaia, Anderson Zanon, deixou uma dívida com o Hospital de 109 mil Reais. Como todas as tentativas de receber  a dívida com a gestão passada, o Provedor determinou que os atendimentos aos cidadãos de Sapucaia (Jamapará, Peão, Aparecida e Anta) fossem suspensos até que a dívida fosse paga integralmente. O HOSPITAL CONTINUOU ATENDENDO AS URGÊNCIAS. O Prefeito Fabrício Baião, desde que assumiu manifestou seu desejo de quitar a dívida e fazer novo convênio com o Hospital que, segundo ele, presta relevante serviço a população de Sapucaia e seus distritos. O primeiro passo dado por Fabrício foi pagar a dívida da gestão anterior, o que foi feito em duas parcelas. A última parcela da dívida foi paga esta semana, abrindo assim a possibilidade de novo diálogo com o Provedor. Dr. Rafael Gracioli havia deixado claro que qualquer nova negociação só poderia ser iniciada depois que o débito pendente fosse quitado integralmente. Na tarde de hoje, 24 de março, o encontro entre o Prefeito e o Provedor aconteceu e foi muito positivo. Dr. Rafael deixou claro que não a gestão anterior deixou de pagar as parcelas mensais do convênio por várias vezes e que o Hospital necessita de recursos para se manter e prestar um serviço de qualidade. O Prefeito fez grande elogios ao Provedor, dizendo saber do trabalho eficiente e sério que ele vem fazendo na instituição. Ao fim do encontro o Prefeito e o Provedor chegaram a bom termo sobre os novos valores. Portanto a partir de hoje está normalizado o atendimento do Hospital para pacientes de Sapucaia. Cumprimentos ao Prefeito Fabricio Baião que reconheceu a importância da instituição onde ele inclusive nasceu e ao Provedor que não mede esforços para tomar as atitudes necessárias para defender os interesses do Hospital São Salvador. (Blog Jornal A Gazeta)

IMG_0938.JPG
O Jornal AGORA registrou um dos últimos momentos de vida de Ana Luiza, desfilando pelo “Cutuca”.
(Foto: JORNAL AGORA- carnaval 2017)



IMG_8985.jpg
O corpo foi encontrado na manhã desta segunda-feira, 06 de março, na casa onde a mãe de Ana Luiza trabalha. Desde que Ana Luiza nasceu, ela foi criada pela patroa da mãe como integrante da família. Embora a mãe tenha uma casa no bairro Terra do Santo, era na Vila Laroca que Ana Luiza passava a maior parte dos seus dias. (Foto: JORNAL AGORA)


A cidade de Além Paraíba está chocada com a morte da adolescente Ana Luíza Valério, de apenas 17 anos. A jovem foi encontrada morta na manhã desta segunda-feira, 6 de março de 2017, em uma residência, localizada na Rua Tenente Mário Stwart (Morro do Carneiro) na Vila Laroca— local onde trabalha a mãe da menina, Leíse, conhecida por “Luluca”.

Todos ainda estão perplexos com o ocorrido. Tudo leva a crer que a jovem se enforcou, usando lençóis amarrados a balaústres de cimento que cercam uma área de terraço no topo de uma escada— conforme mostram fotos que já circulam pela internet.
Ana Luíza acabou de concluir o terceiro ano no Colégio Além Paraíba. Várias fotos na Internet mostram a jovem, muito feliz, no encerramento do ano letivo. Também era estudante de inglês no curso Iels, na Vila. Era uma menina com muitos amigos, educada e cheia e alegria. Em uma de suas últimas fotos nas redes sociais, ela aparece toda sorridente, em meio a uma turma de amigos, no bloco “Jegue Elétrico”, no carnaval de Além Paraíba.
O caso será investigado pela Polícia Civil. Algumas linhas hipotéticas deverão ser levadas em consideração: se a menina cometeu o triste ato em conseqüência de deprssão; alguma decepção amorosa; ou se participava de um jogo on line pela Internet, durante o qual são propostos desafios de esforço entre os participantes, para ver quem suporta mais. 
As versões acima são apenas hipotéticas e são as mais comentadas na cidade. Caberá à polícia elucidar o caso.
Ao surgirem novas informações, a notícia será atualizada pelo nosso site.


Nas REDES SOCIAIS já circulam diversas fotos com a cena com o corpo da jovem dependurado em lençóis. O jornal AGORA optou por divulgar apenas O LOCAL onde ocorreu o provável suicídio. NÃO HÁ CORPO NA FOTO!!!

ATUALIZAÇÃO DA MATÉRIA: A FOTO FOI RETIRADA, À 1 HORA DESTE DIA 7 DE MARÇO, DEVIDO A APELOS DE FAMILIARES DA JOVEM NA INTERNET. MAIS UMA VEZ DESTACAMOS O QUE MUITOS LEITORES PUDERAM COMPROVAR NO DECORRER DA TARDE E NOITE DO DIA 6 DE MARÇO: NA FOTO QUE PUBLICAMOS (E QUE FOI AGORA RETIRADA) NÃO HAVIA CORPO. APENAS O LENÇOL QUE TERIA SIDO USADO DURANTE O POSSÍVEL SUICÍDIO.

O Prefeito Municipal do Carmo, César Ladeira (PSB), sancionou, ontem, segunda-feira, 20 de fevreiro, um decreto municipal proibindo o uso de mascaras nas festas de carnaval da cidade.

A medida se dá por conta das mascaras dificultarem a identificação individual, afirma a Prefeitura do Carmo.

Segunda o Prefeito César Ladeira, a medida visa dar mais seguranças às pessoas que participarão da festa e ao patrimônio público.
(Fonte:http://apoliticadorj.blogspot.com.br)

O vereador Gérson Barreto, atual presidente da Câmara Municipal de Além Paraíba, durante a reunião ordinária do dia 13 de fevereiro, protocolou, na secretaria daquela Casa Legislativa, interessante anteprojeto que dispõe sobre a criação, no município, de um “Centro Integrado de Comando e Controle— CIC”. O parlamentar— que atua profissionalmente na Polícia Civil— esclarece, em seu anteprojeto, que o CIC prevê “a distribuição de câmeras em diversos pontos públicos, com monitoramento real, evitando, por conseguinte, a concretização de um crime de menor ou maior potencial ofensivo, dada a fácil e rápida constatação de ações suspeitas com posterior e imediata comunicação às autoridades de segurança para envio emergencial de policiamento ostensivo”.
A proposta do vereador e presidente da Câmara é justificada tendo em vista “o crescente índice de infrações criminais cometidas no Município de Além Paraíba e a progressiva sensação de insegurança de seus munícipes”.
O CIC , caso seja transformado em Lei Municipal e se torne uma realidade em Além Paraíba, terá por objetivo “propiciar uma maior viabilização dos procedimentos de Segurança Pública Municipal, juntamente com o auxílio das Polícias Civil e Militar, bem como da Guarda Municipal”— argumenta Gérson Barreto. O vereador já repassou a sua proposta ao prefeito municipal Miguel Belmiro Júnior e também ao vice-prefeito Dr. Paulo Henrique Marinho Goldstein.

A primeira sessão ordinária da Câmara Municipal de Além Paraíba, neste ano 2017, aconteceu no último dia 6 de fevereiro.
A sessão marcou a abertura do ano Legislativo e por isso contou com a presença do prefeito municipal, Miguel Belmiro Júnior. O chefe do Poder Executivo discursou saudando os parlamentares e desejando um ano exitoso. Após o discurso do prefeito, a sessão seguiu seu rito normal.
Em certa altura, o vereador David da Paz Silveira pediu a palavra e anunciou ao plenário ter recebido a “Medalha Tiradentes”, por ter sido um dos vereadores mais votados na última eleição municipal. Em sua fala, David se dirigiu ao vereador Dione Miranda, citando-o nominalmente. David afirmou a Dione que teve quase “o dobro de votos dele” e se lembrando de que Dione, no período eleitoral, mandava que ele, David "corresse atrás" porque não teria a metade da votação dele, Dione.
O Vereador Dione respondeu ao vereador David dizendo que aquelas palavras do colega não o afetariam, nem naquela reunião e nem em nenhuma outra, e ainda deixando claro que David da Paz foi "o candidato do Prefeito Miguel Belmiro", insinuando que a isto se deve sua expressiva votação.
Depois do rápido entrevero, a sessão seguiu tranquilamente. (Fonte: Blog do Jornal A Gazeta)

No último  mês de janeiro, a Prefeitura de Além Paraíba recebeu  1 milhão, 413 mil, 693 reais e               59 centavos  do Fundo de Participação dos Municípios, repassado pelo governo federal. O  acumulado de 2016 alcançou 17 milhões, 53 mil, 782 reais e 67 centavos. Em 2015, o total atingiu 15 milhões, 917 mil, 651 reais e 53 centavos  O Fundo de Participação dos Municípios –FPM - é a principal fonte de recursos dos municípios brasileiros de médio e pequeno porte. Os dados estão disponíveis no site da prefeitura e no site do Tesouro Nacional.  Já o repasse do Fundeb no mês passado foi de 1 milhão, 115 mil, 738 reais e 42 centavos. No ano passado, o total alcançou 9 milhões, 775 mil, 310 reais, 1 centavo.  Em 2015, o  acumulado chegou a 8 milhões, 475 mil, 892 reais e 60 centavos.  Pela legislação, 60% dos recursos do FUNDEB devem ser aplicados na remuneração dos profissionais do magistério em efetivo exercício de suas atividades no ensino público e os 40% restantes devem ser aplicados na manutenção e desenvolvimento das escolas.(Fonte: Rádio Mix Além Paraíba- 102,7 FM)

Os atuais vereadores alemparaibanos decidiram, em reunião realizada no dia 20 de junho, que seus subsídios serão reajustados para cerca de R$ 5,5 mil mensais.
Usando o argumento de que estão diminuindo para dois o número de seus assessores, os vereadores alemparaibanos foram unânimes na aprovação do novo valor, cujo reajuste proposto e aprovado algo entre 46%/48% – o subsídio atual é de R$ 3.774,67.

Já os subsídios do prefeito, seu vice e secretários serão mantidos – cerca de R$ 15,6 mil para o prefeito; R7,8 mil para o vice; e R$ R$ 6 mil para os secretários. (Fonte: Jornal Além Parahyba)

Segunda, 01 Agosto 2016 00:00

ENQUETES ESTÃO PROIBIDAS PELO TSE

Escrito por

Enquetes relacionadas ao processo das eleições municipais, em outubro deste ano, estão proibidas pelo Tribunal Superior Eleitoral. A Corte destaca a diferença entre enquete e pesquisa eleitoral, esta última liberada até o dia da eleição, desde que tenha registro junto á Justiça Eleitoral.
Conforme a definição, enquete é a simples coleta de opiniões de eleitores sem controle de amostra e sem método científico para realização. Esse tipo de consulta depende apenas da participação espontânea do interessado.
Já a pesquisa eleitoral requer dados estatísticos realizados junto a uma parcela da população de eleitores, com o objetivo de comparar a preferência e a intenção de voto a respeito dos candidatos que disputam a eleição.
De acordo com a Justiça Eleitoral, a divulgação de enquetes e sondagens em desacordo com as regras previstas na legislação é considerada ato ilícito, que pode ser punido com multa que varia de 53 mil a 106 mil reais. A multa está prevista na Lei das Eleições. (Fonte: Rádio Mix Além Paraíba)

Está disponível na página do Tribunal Regional Eleitoral o sistema “Denúncia On line” para denúncia de propaganda eleitoral irregular feita nas ruas ou na internet. Também poderão ser denunciados os casos de propaganda extemporânea, ou seja, as que ocorrerem antes do dia 16 de agosto - data marcada pela legislação para o início da propaganda eleitoral em geral. Nas últimas eleições municipais, em 2012, o número de denúncias recebidas por meio do sistema chegou a 11.661. No “Denúncia On line”, o cidadão preenche um formulário, a ser direcionado à zona eleitoral onde ocorreu a irregularidade e que será encarregada da fiscalização da propaganda eleitoral. O denunciante receberá um número de registro com o qual pode consultar o andamento do processo. Constatada a irregularidade, o juiz da zona eleitoral poderá determinar a retirada da propaganda.
O sistema não aceita denúncias anônimas, sendo obrigatória a identificação do denunciante, mas os dados pessoais ficarão restritos à Justiça Eleitoral e não constarão do expediente instaurado para constatação da irregularidade. O cidadão também pode denunciar pessoalmente, no cartório ou no Ministério Público. Além disso, os próprios servidores dos cartórios eleitorais, se constatarem irregularidades, podem notificá-las ao juiz. Eles também estarão incumbidos das diligências para confirmação dos casos. O Denúncia On line não responderá a consultas e não receberá denúncias de propagandas eleitorais relativas a rádio, TV e jornais – que têm um tipo de tramitação específica.

A Prefeitura de Além Paraíba, numa louvável demonstração de transparência, divulgou em sua página no Facebook as datas em que os salários dos servidores municipais será liberado, até dezembro. A escala de pagamentos é a seguinte: o pagamento de julho será feito no dia 29/7; agosto em 02/9; setembro em 30/9; outubro em 28/10; novembro em 02/12; 13º salário em 20/12 e salário de dezembro no dia 23/12.
Segundo a informação da PMAP, as datas estão sujeitas a alterações de acordo com eventuais atrasos dos repasses dos governos estadual e federal. (Fonte: Rádio Mix Além Paraíba)