Política

Política (216)

CCC.jpg
PONTE ENGENHEIRO ARMANDO GODOY (PONTE DO PORTO), CENTRO DE ALÉM PARAÍBA.

 

A Prefeitura Municipal de Além Paraíba iniciou nesta sexta feira dia 03 de abril, em conformidade ao Decreto 6.486, a atuação das barreiras sanitárias instaladas nos acessos a cidade.
O Prefeito Municipal Miguel Belmiro de Souza Júnior, no uso de suas atribuições, considerando a necessidade da tomada de medidas preventivas para proteção a saúde da população em relação a pandemia de coronavírus e em virtude da confirmação de casos em cidades próximas, decretou o fechamento da Ponte Armando Godoy para veículos, sendo ali permitida apenas a passagem de pedestres que serão abordados em barreira sanitária e liberados, caso não apresentem riscos de transmissão.
O acesso de veículos se dará pela Ponte Régis Bittencourt, próxima ao bairro da Saúde, onde se encontra instalada uma segunda barreira sanitária, sendo os veículos interpelados e vistoriados e seus ocupantes examinados e entrevistados, sendo permitida a entrada apenas de moradores e trabalhadores do município com comprovação, objetivando evitar a disseminação do coronavírus em nossa cidade.
As barreiras sanitárias contam com Agentes de Saúde, da Vigilância Sanitária, Defesa Civil, Guarda Municipal e com apoio das Polícias Civil e Militar, que na hipótese de resistência às determinações das barreiras sanitárias, tomarão as providências legais.
O fechamento dos acessos, com a instalação de barreiras sanitárias, é uma providência severa e necessária, principalmente após a confirmação de casos positivos em cidades muito próximas, o Prefeito Miguel Belmiro solicita a compreensão da população e principalmente a colaboração de todos, pois cada um tem a responsabilidade de fazer a sua parte. (Fonte: Assessoria de Comunicação/PMAP)

DECRETO Nº 6.480, DE 23 DE MARÇO DE 2020.
DETERMINA A PROIBIÇÃO DO ACESSO DE VEÍCULOS DE TRANSPORTES COLETIVOS QUE ESPECIFICA, NO TERMINAL RODOVIÁRIO JÁCOMO DONZELES, NO MUNICÍPIO DE ALÉM PARAÍBA E DÁ OUTRA PROVIDÊNCIAS.

O PREFEITO MUNICIPAL DE ALÉM PARAÍBA, usando das atribuições que lhe confere a Lei Orgânica do Município de Além Paraíba,
CONSIDERANDO as providências necessárias à situação de emergência existente no município, determinada pelo Decreto nº 6.476, de 16 de março de 2020, e pelo Decreto nº 6.477, de 20 de março de 2020,
DECRETA:
Art. 1º - Fica determinada a proibição do acesso de veículos de transportes coletivos urbanos, intermunicipais e interestaduais no Terminal Rodoviário Jácomo Donzeles, em decorrência da situação de emergência decretada no Município.
Art. 2º - Nenhuma atividade de embarque/desembarque de passageiros deverá ocorrer no terminal rodoviário, no período de 24 de março de 2020 a 05 de abril de 2020, podendo haver prorrogação.
Art. 3º - As empresas de transportes coletivos deverão obedecer às disposições deste Decreto, sob pena da aplicação de multa e demais cominações legais.
Art. 4º - A Secretaria Municipal de Administração procederá às comunicações devidas para as empresas de transporte coletivo que fazem uso do terminal rodoviário.
Art. 5º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação, com vigência a partir de 24 de março de 2020, podendo ser prorrogado.


Prefeitura Municipal de Além Paraíba, 23 de março de 2020.
Miguel Belmiro de Souza Junior
PREFEITO MUNICIPAL

Aos dias 17 de Fevereiro de 2020, o Vereador Rodrigo França protocolou uma Indicação que buscou intermediar uma parceria entre a EPAMIG e o Poder Executivo de nosso Município através da Secretaria de Educação com o objetivo de alcançar Projetos como o Ciência Itinerante, que visa preparar nossas crianças para fazer trabalhos com microscópios, lupas, placas, lâminas - materiais que possibilitam o estudo de insetos e microorganismos e a preservação do meio ambiente. Bem como também, a participação das nossas crianças no Projeto Bioeconomia na Agricultura Familiar, que visa promover o Desenvolvimento Rural, produção agrícola sustentável e a segurança alimentar no seio das famílias de nosso município.
Logo que a indicação foi aprovada em Plenário, nosso Gabinete recebeu a informação da Secretaria Municipal de Educação, que "não mediria esforços para buscar as parcerias com a EPAMIG em prol de proporcionar novas experiências as nossas crianças da rede pública de educação.".
Portanto, agradeço aos nobres parlamentares que aprovaram em plenário a indicação de minha autoria, bem como também agradeço a Senhora Secretaria de Educação Tatiana Reis Gonçalves pelo comprometimento e dedicação à nossa indicação.
Dito isso, reitero meu compromisso de continuar a lutar pela educação do nosso município, buscando recursos através de emendas parlamentares na qual já conseguimos um valor de R$155.000,00 para a APAE e seguimos firme no proposito de buscar parcerias para agregar valor a educação de nossas crianças.
(Divulgação do Mandato Parlamentar do vereador Rodrigo França)

Para um carnaval seguro é necessário que os organizadores se atentem para o disposto na Instrução Técnica 39 (instruções de segurança para blocos de carnaval) e façam a declaração prévia da sua festividade por meio do site do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais. Esta declaração substitui o antigo anexo A da Instrução Técnica 39. O serviço é gratuito.

Como proceder em casos de emergências?

Durante as festividades, situações emergenciais envolvendo foliões podem ocorrer. A definição de uma conduta a ser realizada pela organização dos blocos em casos de emergência é de fundamental importância para o gerenciamento inicial da situação possibilitando a rápida assistência e evitando a eclosão de quadros de pânico, esmagamento entre pessoas, esmagamento de pessoas contra estruturas físicas e pisoteamento.
Nos momentos iniciais de uma emergência (princípio de incêndio e/ou pânico), recomenda-se aos organizadores:
1. Encerrar a atividade da bateria e/ou encerrar a reprodução de som mecânico e interromper o deslocamento do trio elétrico (caso exista).
2. Identificar a emergência e acionar os brigadistas (caso existam).
3. Utilizar o sistema de som, com calma, para fornecer a orientação e o movimento ordenado dos foliões para área segura afastada do foco de incêndio e/ou origem do pânico, evitando uma aglomeração excessiva (superlotação) de foliões em um mesmo local.
4. Acionar o Corpo de Bombeiros Militar através do telefone 193, informando nome e numeral do local onde está ocorrendo a emergência, número do telefone que está falando, nome completo de quem fala e relato do que está ocorrendo.
5. Inclusive, durante os deslocamentos das viaturas do Corpo de Bombeiros Militar e/ou ambulâncias entre os foliões, recomenda-se encerrar a atividade da bateria e/ou encerrar a reprodução de som mecânico e interromper o deslocamento do trio elétrico (caso exista) e, também, agir com calma para orientar o deslocamento dos foliões para uma área segura utilizando o sistema de som para dar passagem ao veículo de emergência.

Dicas importantes para evitar princípios de incêndio e/ou pânico:
. Siga as diretrizes do Corpo de Bombeiros Militar descritas na Instrução Técnica 39.
. Cumpra as regulamentações municipais para o período do Carnaval.
. Não improvise instalações elétricas.
. Não sobrecarregue as instalações elétricas com utilização de “plugues T” ou extensões.
É recomendado que blocos carnavalescos com público acima de 3.000 foliões tenham sistema de som para contato e controle de público. Antes do início do deslocamento, informar os foliões via sistema de som sobre a presença e localização de brigadistas e ambulâncias.
Também é recomendado que a organização dos blocos conheça a capacidade operativa dos brigadistas, socorristas e ambulâncias presentes nos blocos carnavalescos como também definir, com antecedência, os meios de acioná-los com rapidez em caso de necessidade.
(Fonte: Corpo de Bombeiros Militares de Minas Gerais.)

Dito isto, ao longo do meu mandato, descobri a importância de se trabalhar em busca da inclusão social de nossas crianças que possuem necessidades especiais, onde decidi buscar recursos para a APAE, instituição que tanto amamos.
Com isso, já conseguimos entregar R$100.000,00 e agora eu tenho o prazer de anunciar a entrega de mais R$ 55.000,00 na conta da APAE, fruto da emenda parlamentar do Deputado Braúlio Braz.
Mais um ano que se inicia e com ele nos é dado à oportunidade de refletir sobre nossas ações durante todo o ano que passou. E dentro dessa reflexão, chego a conclusão que estamos no caminho certo, sempre buscando a melhoria na qualidade de vida dos nossos Munícipes.
Mais um promessa cumprida!
(Divulgação do Mandato Parlamentar – vereador Rodrigo França)

No dia 10 de fevereiro, a pedido do vereador Gílson Ricardo Ribeiro (Gilsinho), esteve presente em uma sessão do Plenário, na Câmara Municipal de Além Paraíba, o Gerente Regional de Saúde (GRS) de Leopoldina, Renan Guimarães de Oliveira, para prestar esclarecimentos sobre uma notícia preocupante que circulou nas redes sociais. As informações, compartilhadas na Internet dava conta de que o município de Além Paraíba estava sem produtos larvicidas para combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue.
O representante da GRS foi bastante questionado, principalmente pelo vereador Dione de Castro Miranda que esclareceu duas dúvidas com o Gerente Regional de Saúde de Leopoldina, Renan Guimarães de Oliveira. Dione quis saber se, de fato, o município de Além Paraíba estava próximo de vivenciar uma epidemia dengue, sendo que a resposta foi negativa. Segundo o representante da Regional de Saúde, Além Paraíba apresentou apenas dois casos de suspeição da doença nos últimos tempos, sendo um caso diagnosticado negativo e o outro segue ainda em investigação.
O segundo questionamento do vereador Dione Miranda foi com respeito à divulgação de informação dando conta que a coordenação local de combate à dengue estaria trabalhando sem dispor de inseticidas e que o larvicida estaria com a validade vencida, sendo que os agentes, como paleativo, estavam usando "cloro e sal, comprados com recursos próprios" por falta dos produtos corretos de combate à dengue. Novamente, o gerente Regional de Saúde negou a informação. Disse que em nenhum momento houve falta de inseticida e larvicida. E que o produto denunciado com prazo de validade vencida havia sido revalidado, seguindo protocolos das autoridades sanitárias.
De acordo com o representante da Regional de Saúde, não há motivos para alardes.
(Divulgação do Mandato Parlamentar – vereador Dione de Castro Miranda)

Na data de ontem, terça-feira 11 de fevereiro, A POLÍCIA CIVIL DE MINAS GERAIS, através da 30ª Delegacia de Polícia Civil de Pirapetinga, com o apoio da 3º Delegacia Regional de Polícia Civil da cidade de Leopoldina, e PMMG, deu cumprimento ao Mandado de Busca e Apreensão na residência do investigado (W.C., natural da cidade de Volta Grande-MG, 26 anos), pelo envolvimento com o tráfico de drogas no município de Pirapetinga (MG).
As investigações tiveram início através de denúncia anônima de que o investigado estaria armazenando grande quantidade de droga (“peso”) em sua residência. Durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão na residência do suspeito, no Centro da cidade, localizada na Rua São Bento, constatou-se a veracidade das informações, onde foram apreendidos 1.224 pinos cocaína, dois tabletes de pasta base de cocaína e uma porção grande de cocaína pulverizada.

O investigado foi preso em flagrante delito pelo crime de tráfico de drogas e conduzido ao Presídio de Além Paraíba.

Chefe do 4º Departamento: Dr.Gustavo Adelio Lara Ferreira
Delegado Regional de Leopoldina: Dr. Mauro Ricardo Guimaraes Pinho
Delegada de Polícia: Dra. Flávia Granado Alvarenga
Investigadores: Leonardo Lauriano
André Rodrigues Lima
Victor Oliveira Abritta
Gustavo Roberti Teixeira
Carlos Henrique Gonsalves Rodrigues da Silva
Caio Cardoso Ferreira Celino
Escrivão: Carlos Kleber Souza Vieira.

 

84402750_2637098619722373_4290805249351876608_n.jpg84114028_2637098696389032_101982121542811648_n.jpg85121642_2637098636389038_1905164543802212352_n.jpg84632980_2637098569722378_5350226746148913152_n.jpg84490523_2637102113055357_4846088707624665088_n.jpg

 

 

 

 

 

 

A Prefeitura Municipal de Além Paraíba renovou, por mais dois anos, o contrato de prestação de serviços da empresa Compromisso Ambiental, responsável pela coleta do lixo no município. Diante dos termos do novo contrato, a Compromisso Ambiental reassumiu o recolhimento diário do lixo, o qual, durante um período de contingenciamento de recursos por parte da PMAP, tinha sido restringido em alguns bairros da cidade.
Há pelo menos 30 dias a empresa voltou a regularizar a coleta do lixo e os resulrados já podem ser constatados: as vias públicas estão mais limpas e a população mais satisfeita com a prestação do serviço.
Para a Prefeitura renovar o contrato com a Compromisso ambiental até 2021, foi de fundamental relevância todo o trabalho anterior de cerca de 10 anos executado pela empresa em Além Paraíba. A Compromisso Ambiental é considerada referência em coleta urbana, investindo continuamente em veículos, equipamentos e pessoal, mantendo-os atualizados na busca da evolução técnica da atividade. Os serviços prestados pela Compromisso Ambiental fazem parte do conjunto de soluções ambientais de gestão eficiente e tratamento responsável de resíduos.
A nova e mais recente rota de recolhimento do lixo foi traçada para que não fique nenhuma parte da cidade sem a limpeza, até mesmo nos lugares mais difíceis para a chegada dos caminhões. Esses lugares de difícil acesso estão sendo cobertos por funcionários que fazem o recolhimento do lixo manualmente, levando-o até o caminhão.
A Empresa Compromisso Ambiental está com mais de sessenta por cento de sua frota de caminhões novos, e em breve, cem por cento da frota estará toda nova, atuando com mais eficiência e rapidez, o que será benéfico tanto para os funcionários quanto para a melhoria da cidade por não deixar lixo se aculando em latões e até mesmo nas ruas.
É fundamental destacar, também, que a Compromisso Ambiental, sempre seguindo as normas de proteção ao Meio Ambiente, já mantém há anos o seu próprio aterro sanitário no município de Além Paraíba. O sistema de destinação final de resíduos sólidos urbanos por meio de Aterros Sanitários utiliza um processo para a disposição de resíduos sólidos urbanos no solo que permite um acondicionamento seguro do material recolhido, controlando a poluição ambiental e contribuindo de forma importante para a proteção da saúde pública e a preservação ambiental.
A reportagem do Jornal AGORA esteve recentemente no escritório da Compromisso Ambiental e conversou com o jovem empresário Bruno Madeiro, diretor da empresa, que foi quem passou as informações contidas na presente matéria. Bruno reafirmou o compromisso que sua empresa tem com Além Paraíba e lembrou que que a população do município pode fazer reclamações, dar sugestões e obter esclarecimentos a respeito da coleta do lixo através do telefone(32) 3462-5032 ou por e-mail:

A concretagem dos buracos na Rua Coronel Oscar Côrtes, que estava prevista para ser feita ontem, não aconteceu. O motivo, segundo informação do Secretário Municipal de Obras, Plínio Moreiro, foi o atraso no fornecimento de um material usado para a concretagem.  Plínio informou que a sua expectativa é de realizar o trabalho hoje a tarde ou amanhã de amanhã. Segundo ele o concreto é de secagem rápida, o que vai ajudar a acelerar a reabertura do trânsito naquele trecho da Rua. (Fonte: Carlos Roberto “Banjo” – Rádio 102,7)

Na semana que passou, uma notícia tomou conta das redes sociais, compartilhada pelo prefeito municipal de Além Paraíba, Miguel Belmiro de Souza Júnior, e seus correligionários políticos. A notícia fazia carga contrária e depreciativa a 7 vereadores da Câmara Municipal que votaram contra um Projeto de Lei de isenção de impostos para uma empresa do ramo imobiliário estabelecida no município.
De forma unilateral, e sem dar direito ao contraditório da versão dos vereadores, a notícia com uma "meia verdade" espalhou -se pela internet, gerando comentários furiosos da população que foi levada a acreditar que os parlamentares Dione Castro de Miranda, Wolney Freitas, Vicente Gomes, Reginaldo Estevanim, Rodrigo França, Gilson Ribeiro e Afrânio de Deus da Silva, teriam votado "contra a expansão econômica e o surgimento de novas empresas para Além Paraíba”. Alguns vereadores, por se verem injustiçados, também usaram a internet para retrucar a postagem do prefeito Miguelzinho.
O vereador Dione Castro de Miranda, líder do bloco considerado de "oposição" ao atual governo municipal também se manifestou a respeito do assunto, mostrando que o seu voto de rejeição ao projeto 035/2019 foi embasado em muitos estudos e discussões com levantamentos de pontos positivos e negativos a respeito da longa isenção de impostos. No caso específico do PL 035/2019 a isenção para uma imobiliária de Além Paraíba seria de 20 anos, sendo que a mesma estaria se propondo a construir um empreendimento imobiliário no terreno ao lado do SESI, na Ilha do Lazareto, com a criação de 40 empregos apenas temporários (durante a construção da obra), sem nenhuma perspectiva de criação de empregos definitivos.
O vereador Dione Castro de Miranda justificou seu voto ao projeto 035/2019, sendo contrário a tal PL por entender que o mesmo se trata de incentivo à especulação imobiliária que visa beneficiar a uma única empresa sem que essa assuma compromisso a longo prazo com o desenvolvimento de Além Paraíba.
Já os projetos 029/2019 e 034/2019 - que também tratam de incentivo fiscal a outras duas empresas- embora tenham sido aprovados pela maioria dos vereadores da Câmara Municipal, da mesma forma que o PL 035/2019 tiveram o voto contrário do vereador Dione Castro de Miranda. Mais uma vez, o parlamentar justificou o seu posicionamento alegando que tais projetos, embora tivessem muitos pontos positivos ferem o "princípio de isonomia" o que significa que beneficiam apenas dois empresários, sem dar os mesmos direitos a outras empresas que porventura queiram se instalar em Além Paraíba. (Divulgação do Mandato Parlamentar- vereador Dione Miranda)

Pagina 1 de 16